O canal para quem respira cliente.

Automação de marketing é sempre a melhor resposta? E outras questões

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin

Automação de marketing é sempre a melhor resposta?

Automate_fancyboxNas últimas décadas, comenta Cliff Pollan, president & CEO da Postwire, em artigo para o Direct Marketing News, os profissionais de marketing passaram a carregar uma nova ferramenta em seus cintos de utilidades: a automação de marketing. Se você está em uma empresa que vende bens de consumo ou commodities, ela é certamente uma das tecnologias mais importantes e poderosas para se investir. Como seu produto é bem conhecido e entendido, o que importa é estar no lugar certo quando o prospect for tomar a decisão de comprar. No entanto, alerta, se o seu produto é disruptivo, inovador ou complexo, você tem que educar o seu público e a automação de marketing, nesse caso, pode até complicar o processo. Ao assumir o processo de educação, você ganha um belo diferencial: quem educa tem 65% de chances de ser escolhido pelo prospect, segundo um estudo da própria Postwire. Outro ponto importante, segundo Pollan, é que você precisa educar primeiro sua equipe, dos executivos aos engenheiros. Mas fundamentalmente quem está na linha de frente: vendas, gerenciamento da conta, suporte, etc. Todos precisam “falar a mesma língua”. Em resumo, em vez confiar exclusivamente na automação de marketing, pode ser muito mais benéfico para algumas empresas educar suas equipes de vendas e de gestão de contas sobre o conteúdo que eles têm disponível, e capacitá-los a utilizar esse conteúdo quando sentirem que é mais necessário proporcionar a melhor educação para prospects e clientes. Portal Abemd

Australiano cria “máquina” de lavar roupas portátil para viagens

O australiano Ashley Newland desenvolveu uma bolsa que pode servir como alternativa sustentável à lavagem de roupas. A criação é ideal para ser usada em viagens e não necessita de energia para funcionar. Apelidada de Scrubba, a bolsa é capaz de suportar a lavagem de uma demanda baixa de roupas, exigindo apenas um pequeno esforço físico. O funcionamento é muito simples: basta colocar as roupas dentro do saco impermeável, juntamente com água – que deve variar de dois a quatro litros, sabão líquido e lacrar. A segunda etapa consiste em retirar o ar que permanece no interior da bola e então esfregar as roupas contra uma placa interna flexível por 40 segundos. Depois deste rápido processo a roupa já estará limpa e pronta para ser pendurada para a secagem ao ar livre. A Scrubba é considerada a menor máquina de lavar roupas do mundo, pois pesa apenas 145 gramas e, ao ser dobrada, cabe no bolso. Ciclo Vivo

Pesquisa da DMA analisa impacto de tecnologias no marketing de buscas

A Direct Marketing Association publicou recentemente seu DMA 2013 Statistical Fact BookPara você ter um gostinho do que contém o livro, eis uma amostra, os resultados da seguinte questão feita aos profissionais entrevistados: No contexto de seus esforços de marketing de buscas, como você descreve o impacto das seguintes tendências e tecnologias? Os profissionais separavam os temas por Altamente significativo, Significativo e Não significativo. Pela ordem, tivemos o crescimento do uso da internet móvel como a tendência cujo impacto foi mais reconhecido como Altamente significativo (47%). A atualização dos algoritmos do Google veio em seguida, com 39% (somando Altamente significativo com Significativo, as tendências empataram, com 87%). Em terceiro lugar, apareceu o crescimento de buscas locais, com 29% (embora um grande percentual, 41%, tenham declarado que a tendência é Não significativa). Na sequência, vieram behavioral targeting (27%), personalização (25%), retargeting (23%), video search (22%) e, bem atrás, a fusão do Bing com o Yahoo, com apenas 8%. O gráfico está publicado em http://pinterest.com/pin/279575089341058753/ Leia também: Marcas exigentes: elas vão tomar a liderança?, e outras notícias do mercado de Marketing Direto = Marketing Diálogo no Portal Abemd

O buzz negativo do Criança Esperança

Projeto social da Globo foi a atração de TV mais comentada no Twitter; as mensagens, no entanto, mais criticavam a emissora do que demonstravam apoio à causa. De acordo com a análise da Tuilux, empresa que elabora o ranking TTV, muitas pessoas criticaram a ênfase da Globo em pedir ajuda financeira ao público, lembrando de algumas situações em que, supostamente, ela investiu altas cifras que poderiam ser encaminhadas ao projeto. Meio&Mensagem

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima