Falta integração entre estratégias de search marketing e canais offline



Um novo relatório da iProspect, publicado pela JupiterResearch, afirma que 45% dos profissionais que utilizam search engine marketing não integram esses esforços com canais offline. Além disso, o estudo demonstra que há uma forte desconexão entre aquelas estratégias e o comportamento do usuário de ferramentas de busca.

 

O estudo mostra que apenas pouco mais de metade dos profissionais (55%) integram intencionalmente seus esforços de search marketing com pelo menos um canal de marketing offline. Mala direta é o principal desses canais (34%), seguido por publicidade em revistas e jornais (29%), com tv (12%) e rádio (12%) bem mais atrás.

 

Quando se compara com o estudo iProspect Offline Influence on Online Search Behavior, esses resultados são ainda mais dramáticos. Publicado em agosto de 2007, aquele estudo revelou que dois terços (67%) dos usuários de ferramentas de busca são levados à busca por um canal offline e que 39% dos que são influenciados por um canal offline terminam comprando da empresa que provocou a busca inicial. Mais ainda, mostra que programas de televisão são o canal que mais leva usuários à busca (37%).

 


 

Fonte: Center for Media Research