“Influenciadores digitais” são influenciados principalmente por TV, jornais…



Matéria do Advertising Age (http://adage.com/article?article_id=133289) apresenta uma interessante, surpreendente e divertida contradição. Pesquisa da MS&L, apresentada ontem, aponta que os chamados “influenciadores digitais”, isto é, aquelas pessoas superantenadas que lideram as tendências online, obtêm suas informações em primeiro lugar na mídia tradicional.

 

Segundo o estudo, 84% dos influenciadores digitais conectam-se para descobrir mais sobre assuntos que ouviram primeiro na TV, no rádio e em mídia impressa. A pesquisa examinou como esses influenciadores operam com três categorias específicas: meio ambiente, beleza e saúde. Renee Wilson, diretora da MS& L New York, disse que as descobertas mostram que os profissionais de marketing não deveriam se apressar tanto em mudar seus investimentos publicitários para a área online. “A campanhas têm que usar tanto as ferramentas tradicionais como as online para se conectar com os consumidores”, disse ela.