Marketing de vizinhança?



Um dos sites que está na minha barra de favoritos e que, portanto, eu confiro com regularidade é o springwise.com, que relata casos de empreendedorismo, novas idéias de marketing e coisas assim. Em um dos posts mais recentes, o pessoal de lá comenta um serviço que está sendo lançado na Holanda e que utiliza o conceito de compartilhamento entre vizinhos para garantir um melhor aproveitamento de fontes de energia renováveis. A solução da Qurrent (www.qurrent.com) é bem específica, mas tenho a impressão que a idéia pode ser utilizada em outros campos.


 


O artigo começa contextualizando o problema: “encontrar maneiras sustentáveis e acessíveis de energia para o mundo é um desafio claramente substancial e crescentemente urgente.” Segundo o site, a Qurrent deu um passo à frente nesse conceito, desenvolvendo uma tecnologia de redes de energia por vizinhanças. Como os padrões de consumo variam, lares com geradores solares ou eólicos ou têm excesso de energia em momentos do dia ou falta em outros. Segundo a EcoGeek (www.ecogeek.org/content/view/1117/), o desperdício atinge 30 por cento da energia gerada. Assim, a idéia de um grupo de casas trabalharem em conjunto para gerenciarem a geração e o uso coletivo da energia parece uma boa idéia em princípio. Para tornar isso possível, Qurrent fornece um equipamento chamado Qbox para cada casa participante. Os Qboxes são ligados a um Qserver que monitora o fluxo de energia em cada casa e otimiza-o para máxima eficiência da rede.


Qurrent ganhou o 2007 Picnic Green Challenge pela melhor idéia “verde” que poderia ser desenvolvida e vendida a consumidores em dois anos. Além do prêmio, levou 500 mil Euros para usar em um teste piloto.