Melhores práticas de Opt-In para Email Marketing



Na seqüência do artigo que resenhei ontem, recebi outro Email Insider, com uma artigo muito interessante, escrito por Morgan Stewart, diretor de pesquisa e estratégia da ExactTarget.


 


Segundo ele, uma lista de pessoas que fizeram opt-in algum dia não é suficiente para garantir os índices de leitura e abertura de emails necessários à maioria das estratégias. Daí, ser importante campanhas de “re-opt-in”, que voltem a envolver os recipientes de forma que eles não apenas aceitem passivamente receber emails mas participem ativamente, abrindo e lendo as mensagens. Isso se reflete na última linha dos balanços – lucro!


 


Eis algumas táticas que as empresa mais bem sucedidas usam para garantir isso:


1) A frase do Assunto deve ser bem clara. Assuntos do tipo “Verifique sua assinatura para continuar recebendo [XYZ]” ou “Sua assinatura vai encerrar” costumam funcionar bem. “Adeus” foi outra frase no Assunto que funcionou fantasticamente bem. Essas campanhas costumam ser enviadas para assinantes que não estão mexendo, por isso é importante criar assuntos concisos, diretos, e até provocantes.


2) Reafirme sua proposta de valor. É importante relembrar o que o seu programa de email marketing oferece. De forma concisa, reafirme o que você faz – e o que eles vão perder se não confirmarem suas assinaturas.


3) Use opções de SIM e NÃO. Isto é fenomenal! A idéia de que se você oferecer apenas a opção de “Sim, quero”, as pessoas vão reagir mais positivamente. Mas testamos isso contra a possibilidade de optar por “Sim” ou “Não” inúmeras vezes e a opção Sim/Não deu muito mais resultado sempre. … Seja qual for a razão, a realidade é que incluir uma opção NÃO faz com que mais gente responda SIM. (Nós que já fazíamos marketing direto antes que existisse Internet, Email, etc., sempre soubemos disso! – nota de FG)


O melhor de tudo é que quando você faz essas campanhas de “re-opt-in” obtém, adicionalmente, algumas informações interessantes. Surgem três grupos: 1) quem reafirmou o opt-in, 2) quem fez opt-out e 3) quem não respondeu (mesmo tendo aberto o email). Para esse grupo, você deve enviar uma segunda mensagem.


4) Envie uma segunda solicitação. Se você usou a tática SIM/NÃO, os não-respondentes devem ser abordados de novos. Descobrimos que essas segundas solicitações obtêm consistentemente o mesmo número de opt-ins da primeira. Há até quem use a tática de uma terceira solicitação, mas o resultado não é nem de longe tão bom. Duas solicitações, em nossa experiência, é o número certo.