O perigo das redes sociais. Questionei, fui excluído!

0
0



As redes sociais são, sem sombra de dúvida, uma evolução imprescindível no caminho da democratização da informação. Mas agregam um grande perigo que é, também sem dúvida, a possibilidade de divulgar – e tentar difundir – informações erradas, o que exige do leitor discernimento muito grande entre o real e o “imaginado” de quem o postou. Avaliar a fonte passa a ser, cada vez mais, imprescindível.

 

Tive uma experiência que comprova essa tese. E, claro, acabei me surpreendendo com a reação de quem postou uma informação errada. Era o questionamento à falta de conselhos de clientes pelas empresas nacionais. A minha reação foi imediata, pois já fizemos várias matérias sobre este assunto na ClienteSA e alertei o executivo. A reação me surpreendeu: fui excluído de sua lista! Acabei questionando a falta de bom-senso e a máxima de que reconhecer o erro é uma virtude. Mas pior é a difusão da confusão! Por isso, toda atenção é pouco. É preciso questionar, sempre o que se está lendo.

 

Vilnor Grube