O canal para quem respira cliente.

O que é 4G ? – Parte 1

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin



 

 

 

1. O que é 4G?

            O nome 4G – 4ª Geração é comercial. O nome técnico usado é LTE – Long Term Evolution. Pode ser implantado em uma faixa de frequência que varia de 700MHz à 2.6GHz e baseia-se na multiplexação FDMA – Acesso Múltiplo por Divisão de Freqüência, usa bandas ou “blocos de freqüência” que variam de 1,4MHz até 20MHz. Iniciou na Coréia do Sul em 2006 e hoje já existem mais de 40 redes 4G no mundo. Espera-se até o final de 2013, 100 milhões de usuários, sendo a maioria smartphones. No caso do Brasil, a faixa de freqüência permitida e leiloada pela Anatel foi de 2,5GHz. Permitem o uso dos de alguns recursos de rede HSPA (3,5G) e UMTS (3G). O 4G não foi concebido apenas para redes móveis, mas toleram a i nterconexão de pontos com alta banda e QoS (Qualidade de Serviço). As operadoras também usarão essa tecnologia como meio de oferecer serviços de dados de alta banda entre empresas, antes possível apenas com o uso de par metálico ou fibra. Isso diminui os custos com cabos e tempo de implantação. O 4G entrou no Brasil apenas para uso de internet fixa com a Sky no final de 2011 em Brasília, mas para o uso móvel teve seu leilão promovido pela Anatel apenas em junho passado. O Wimax também é uma tecnologia 4G usada há anos, mas via rádio e para conexões dedicadas.


 


2. Qual a diferença entre 3G, 3,5G e 4G?


            A diferença básica para o usuário final é a velocidade de download, que na rede 3G varia entre 256Kbps e 1Mbps, na rede 3,5G entre 3Mbps e 6Mbps e 4G entre 5Mbps e 12Mbps. Uma música de 3Mb pode ser baixada na rede 3G em 32 segundos, na rede 3,5G em 2,6 segundos e na rede 4G entre 1 e 2 segundos. O download teórico para 4G seria 100Mbps, mas não disponível na prática.

 

      Twitter @itclose2u

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima