Páginas de marcas no Twitter. Vale o que custa?

A notícia de anteontem procedia, afinal: ontem entrou em operação as páginas para marcas no Twitter. Os benefícios de utilizar uma delas são: maior controle do conteúdo – por exemplo, a capacidade de destacar um tweet com vídeo ou imagens embutidas – e a inclusão de um banner no topo que funciona de forma semelhante ao timeline do Facebook.

Claro que ficou mais atraente, mas o problema, a meu ver, é que a experiência do usuário não foi alterada. Da mesma maneira que ocorre na minha, na sua e em qualquer outra página do Twitter, o que você acessa é aquela longa lista de mensagens. Além disso, para quem usa aplicativos de celular ou mesmo os agregadores, tipo hootsuite, a mudança é totalmente imperceptível. E a quantidade desses usuários conta-se aos milhões!

Seja como for, algumas empresas já embarcaram nessa nova aventura do passarinho. Al Jazeera, Volkswagen e NPR, além da Coca-Cola e da HP, citadas no post anterior, já estão usando o novo recurso. Para isso, entretanto, colocaram na frente um pedidinho no valor de 25 mil dólares em publicidade na plataforma de microblogging. Vale? Veremos.