Podcasting se torna um canal de marketing cada vez mais viável

Até 2021, verbas na mídia devem atingir US$ 1 bilhão
Estudos
indicam que um número recorde de consumidores está sintonizando
podcasts e as verbas dirigidas à mídia nos EUA devem atingir US$ 1
bilhão até 2021, disse Zoe Soon, vice-presidente de dispositivos móveis
da IAB. Ela destaca seis razões pelas quais o podcasting é tão atraente
para ouvintes e anunciantes, como evidenciado durante o Podcast Upfront
da IAB, como sua experiência íntima, uma combinação de nicho e
programação diversificada, alto engajamento, um “efeito halo” para as
marcas e foco na narrativa. Fonte: Mobile Marketer

Estudo: empresas B2B globais confessam dificuldade na produção de conteúdo
A necessidade de conteúdo está paralisando as equipes de
B2B, que lutam para competir em vários canais e mercados, de acordo com
um novo estudo da inRiver, uma fornecedora de serviços de merchandising e
gerenciamento de produtos. A começar pelas informações do produto —
58% das empresas perceberam insatisfação do cliente por causa de
conteúdo desatualizado ou inconsistente em suas ofertas, diz o estudo.
Além disso, 51% dos tomadores de decisão dizem que informações ruins
sobre os produtos são o maior obstáculo para estocar — ou convencer os
distribuidores a transportar — suas mercadorias. E 28% lutam para
atender aos padrões de novos mercados ou canais. Em média, 45% das
empresas globais passam de seis a 11 meses criando e atualizando o
conteúdo do produto ao entrar em um novo canal ou mercado. E 21% gastam
entre um e dois anos fazendo isso. 58% confiam no software de conteúdo
do produto para ajudá-los a gerenciar o processo de conteúdo, mas têm
pouca escolha, já que 51% operam em seis a 10 mercados e 32% operam em
mais de 10. Além disso, 45% têm de 10 a 15 concorrentes e 30% têm mais
de 15.E o campo está ficando mais cheio – 71% enfrentam mais
concorrentes do que há cinco anos e 62% culpam os novos rivais globais. O
estudo também descobriu que 29% dos lançamentos globais de produtos são
malsucedidos devido a limitações em tecnologia. O estudo foi conduzido
pelo, que Savanta entrevistou 333 tomadores de decisão seniores em
várias indústrias B2B em vários países. Fonte: MediaPost MarketingDaily

Forrester: indústria de publicidade enfrenta os ventos da mudança

As agências de publicidade precisam ser muito mais
inteligentes em direcionar os consumidores, pois os profissionais de
marketing estão exigindo mais de suas “creative houses” e os
consumidores são cada vez mais assediado por anúncios. Em resumo, isso
significa que o setor de publicidade enfrenta uma “necessidade
existencial de mudança”, segundo um relatório da Forrester. A empresa de
pesquisa sugere que as agências de publicidade precisam “desmontar o
que resta de seu modelo ultrapassado”, e Marc Pritchard, da Procter
& Gamble, diz que muitos anúncios são “apenas bobos, ridículos ou
estúpidos”. Fonte: The New York Times