Produtos éticos: quanto você pagaria a mais por isso?



Matéria do Wall Street Journal de ontem apresenta o resultado de testes que dois de seus repórteres, Remi Trudel e June Cotte, fizeram para descobrir se os consumidores estão dispostos a pagar mais por produtos feitos com padrões éticos superiores.

 

A resposta foi sim, embora haja limites para este “premium price” – as pessoas estão dispostas a pagar um preço apenas levemente mais alto. O interessante foi que descobriram que o contrário também é verdade: as pessoas estão até dispostas a consumidor produtos, digamos, anti-éticos, desde que lhes seja oferecido um substancial desconto.

 

Outra descoberta interessante foi que uma empresa que investe apenas um pouco em produção ética é recompensada na mesma medida que uma empresa que invista mais profundamente. A matéria completa está em http://online.wsj.com/article/SB121018735490274425-email.html