Taco Bell: fidelização passa pelo posto de gasolina



Semana que vem, assumo o marketing de uma corretora de valores, a Gradual. Mas já fui incluído no mailing e esta manhã recebi o primeiro “Bom Dia, Mercado”, que é distribuído pela Agência Estado. Vários assuntos, mas um deles perpassa quase todos os outros: o provável aumento no preço da gasolina. A gente desacostumou, mas o fato é que o preço do combustível não aumenta desde 2005, bem ao contrário do preço da matéria-prima, o petróleo – as previsões é que o barril bata no 120 dólares com notícias de tiros de alerta disparados por barcos de guerra americanos em direção a barcos iranianos.


Os americanos, ao contrário, vêm convivendo com a realidade dos aumentos nessa queridíssima commodity deles, “gas”. A ponto de começarmos a ver seu uso como incentivo de fidelização. A Promo Magazine relata que “Taco Bell está usado cartões de gasolina como incentivo para levar clientes a irem aos seus restaurantes e comprarem refrigerantes tamanho grande ou extra-grande… a promoção, cartões nos valor de 50 dólares, vai até 21 de maio e faz parte do jogo Fuel Up For Free… para participar, as pessoas devem localizar um código alfanumérico no lado do copo e digitarem no site www.fuelforfree.com. Os vencedores recebem uma mensagem instantânea e um email de confirmação.”


No artigo, David Ovens, chief marketing officer da Taco Bell, diz que “quando os preços da gasolina atingem altas recores todo mundo sente a fisgada. Para nossos consumidores, sensíveis ao valor das coisas, cada centavo conta e a chance de ganhar dinheiro para gasolina é uma oferta envolvente.”


Sem dúvida! Minha questão, aliás, minha preocupação é – quando vamos ter esse tipo de promoção por aqui?


 


Fonte: www.colloquy.com