Ascensão e decadência de valores no trabalho após o digital

0
3

Gestão On Demand x Gestão Youtuber

Estamos caminhando para o mundo
em que os negócios estarão inseridos nas plataformas digitais onde o cliente
interfere diretamente nas empresas. As empresas mais imersas nesta realidade já
incorporaram a avalição dos clientes através dos likes, cliques e estrelas. Isto
muda automaticamente a qualidade da prestação do serviço que é entregue para o
cliente. Por sua vez, muda a relação entre o chefe e os liderados. Primeiramente
é bem provável que não seja necessário chefe – se não houver performance
satisfatória o colaborador nem vai receber serviço (Uber, 99, Rappi).

Entra em decadência então essa
história de achar que o poder está em demitir ou em contratar, e depois o
orientar e o controlar: “o caminho para o sucesso é este…” ou “o caminho para
o seu crescimento é aquele”. Isto não faz mais sentido.

No ambiente digital e
distribuído cada colaborador poderá mergulhar cada mais fundo no seu potencial e
identificar aquilo que diferencia, e que lhe permite dar uma entrega
diferenciada para encontrar a sua felicidade. Buscar o seu projeto de vida com
mais autonomia. Para a liderança o modelo administrativo
de alguém que dá ordens e depois se responsabiliza por elas cada vez mais não
tem espaço – plataformas, softwares e celulares são feitos para se renovar
– então é preciso que o líder esteja preocupado com a manutenção do ecossistema
de negócios propício para a inovação. 

O líder então vai se preocupar
com a inovação voltada para a competitividade, ou seja, aquisição, rentabilidade
e retenção de clientes. O foco estará em tirar entraves ajudando o squad nos
ambientes culturais, financeiros, tecnológicos, legais e articular para que o
ambiente se torne favorável. Tem que ser um “facilitador” para que as pessoas
possam traçar o seu próprio caminho dentro de um projeto.

Liderança On Demand

De alguma forma todos exercerão
algum tipo de liderança – seja como representante das áreas de atendimento, financeiro,
ou logística por exemplo, o colaborador liderará ou influenciará o grupo pela
sua participação no negócio como representante da sua área. E este é o estado da
liderança de hoje, que é mais contextual. O líder exercerá seu papel enquanto estiver
trabalhando com aquele projeto específico. Conforme a necessidade. E assim será
na comunidade, na igreja, na escola e por aí vai.

E aquele líder que é o super “sabe
tudo”? Bom, hoje em dia para se encaixar naquele velho modelo mental de
liderança é preciso conquistar então a atenção de muita gente por muito mais
tempo – algo tipo “gestão youtuber”.