AAdvantage será garantia de empréstimo ligado à crise do coronavírus

Valor do programa da American Airlines está avaliado em US$ 18 bilhões e US$ 30 bilhões
As milhas AAdvantage em breve serão o que se chama colateral, ou seja, uma garantia de um empréstimo que a American Airlines pretende contrair com o governo no valor de  US$ 4,75 bilhões, parte do CARES Act, criado para combater os efeitos da crise do coronavírus. “O programa AAdvantage será considerado uma garantia para a dívida do governo”, disse o CFO da American, Derek Kerr, durante a Wolfe Global Transportation Conference. Mas o AAdvantage pode mais do que cobrir o empréstimo. “Temos um valor avaliado desse programa entre US$ 18 bilhões e US$ 30 bilhões”, disse Kerr. Depois de usar o AAdvantage para o empréstimo do governo, a American pretende “ter a capacidade de fazer outras coisas com isso”. As estimativas potencialmente tornam o AAdvantage, sem ativos tangíveis, mais valioso do que a American Airlines. Mas não está claro como o AAdvantage poderia funcionar sem a companhia aérea. Um slot no Aeroporto de Heathrow vale algo se a American não estiver mais aí. O 737 MAX vale alguma coisa na mesma situação. Mas o que se tem no programa de fidelidade além de uma lista de nomes? Fonte: Forbes

Hertz recorre ao Chapter 11 (recuperação judicial) para sair da crise
A Hertz Global Holdings acaba de anunciar que, juntamente com algumas subsidiárias nos Estados Unidos e Canadá, entrou com pedido de recuperação judicial (Chapter 11) na Corte de Falências Americana do Distrito de Delaware. Segundo a empresa, o impacto da covid-19 na demanda por viagens foi repentino e dramático, causando uma queda abrupta nas receitas e vendas futuras da companhia. A empresa eliminou despesas não essenciais e tentou reservar a liquidez, mas a incerteza que permanece sobre quando os negócios voltarão levaram a locadora a tomar essa ação. As operações da Hertz na Europa, Austrália e Nova Zelândia não estão incluídas no pedido de recuperação judicial, assim como as franquias, que não são propriedade da companhia. A locadora disse no mesmo comunicado que todos os negócios da Hertz seguem abertos e servindo os clientes, incluindo as marcas Hertz, Dollar, Thrifty, Firefly, Hertz Car Sales e Donlen. Todas as reservas, promoções, vouchers e programas de clientes e fidelidade, incluindo os pontos de recompensa, devem permanecer inalterados. Iniciativas como o programa de sanitização “Hertz Gold Standard Clean” também continuam, para dar segurança aos clientes em meio à pandemia. Fonte: Panrotas

Tencent investirá US$ 70 bilhões em IA e computação em nuvem

A gigante tecnológica chinesa Tencent Holdings investirá 500 bilhões de yuans (US$ 70 bilhões) nos próximos cinco anos em infraestrutura tecnológica, incluindo computação em nuvem, inteligência artificial e segurança cibernética, informou a empresa nesta terça-feira. O anúncio vem após uma solicitação de Pequim, no mês passado, de uma atualização estrutural da segunda maior economia do mundo por meio de investimentos em “nova infraestrutura” e um aumento na demanda por software de negócios e serviços em nuvem. Outros setores-chave do investimento incluem blockchain, servidores, big data centers, centros de supercomputadores, sistemas operacionais de internet das coisas, redes 5G e computação quântica, disse Dowson Tong, vice-presidente executivo sênior da Tencent, à mídia estatal em entrevista. Fonte: Reuters