Anunciantes precisarão ser ser flexíveis e seletivos com verbas para 2021

Alguns vão se concentrar em campanhas que geram retornos mais substanciais; outros, na capitalização de “momentos culturalmente relevantes”  

Os profissionais de marketing encarregados de definir orçamentos para 2021 em meio a incertezas e possíveis cortes precisarão permanecer flexíveis e manter as linhas de comunicação abertas com os líderes corporativos, dizem analistas. O presidente e CEO da PepsiCo, Ramon Laguarta, afirma que o anunciantes já está sendo seletivo, concentrando-se em campanhas que geram retornos mais substanciais, enquanto outros executivos, como Andrea Alimmer, CMO da Ally, se concentrarão em capitalizar “momentos culturalmente relevantes”. Fonte: Advertising Age


GitHub terá roadmap público para anunciar novos recursos
GitHub é uma plataforma de hospedagem de código-fonte com controle de versão. Ele permite que programadores, utilitários ou qualquer usuário cadastrado na plataforma contribuam em projetos privados ou Open Source de qualquer lugar do mundo. GitHub é amplamente utilizado por programadores para divulgação de seus trabalhos ou para que outros programadores contribuam com o projeto, além de promover fácil comunicação através de recursos que relatam problemas ou mesclam repositórios remotos. Agora, a plataforma acaba de anunciar que começará a publicar um roteiro público para ajudar seus usuários a entender quando lançará novos recursos em suas várias versões do repositório de códigos do GitHub e produtos como o GitHub Actions, seu aplicativo móvel e suas ferramentas de segurança. Até então, o GitHub fornecia essas informações diretamente a alguns de seus maiores clientes (através de decks de slides antigos), mas essas mesmas informações estarão agora disponíveis para todos. Obviamente, o roadmap ficará em um repositório do GitHub. Tudo será marcado com base no recurso, no produto que ele afeta e no estágio de desenvolvimento. Com o tempo, o GitHub planeja anexar mais artefatos a cada item, incluindo capturas de tela, por exemplo. Fonte TechCrunch

Aplicativo para Android da Netflix chega a mais de 1 bilhão de downloads

A necessidade de entretenimento durante bloqueios e instalações de pré-compra nos dispositivos Samsung e OnePlus ajudou a empurrar os downloads do aplicativo Netflix para Android além da marca de um bilhão. O Prime Video da Amazon só foi baixado entre 100 e 500 milhões de vezes, enquanto o aplicativo Hulu chega entre 50 e 100 milhões. O Netflix é fornecido em alguns dispositivos OnePlus e Samsung, o que definitivamente aumenta um pouco os números. Dito isso, teríamos boas chances de que muitos desses downloads tivessem ocorrido mesmo que não estivessem pré-instalados; afinal, a Netflix ainda é o maior serviço de streaming do mundo. Fonte: Android Police