Programas de fidelização estimulam consumo, diz pesquisa

Estudo feito mostra que 68% dos brasileiros estão dispostos a gastar mais por conta de programas de fidelidade


A transformação digital elevou o nível de exigência dos consumidores brasileiros. Mais do que promoções e praticidade, eles querem ser recompensados por sua fidelidade e, para isso, estão dispostos a gastar mais no varejo. É o que mostrou a Consumer Scan 2020 Brazil, uma pesquisa sobre hábitos e preferências dos consumidores feita em parceria entre a Kantar e a BrandLoyalty.

De acordo com o levantamento, 85% dos consumidores disseram esperar ser recompensados por sua fidelidade com vantagens que vão além de descontos. 68% disseram que gastariam mais se existissem programas de fidelidade nos estabelecimentos que frequentam. O estudo ouviu 1.597 consumidores das cinco regiões do país. 

O estudo revelou que 85% dos consumidores do varejo alimentar do Brasil conhecem campanhas de fidelização de colecionáveis e afirmam que, em sua maioria, estariam dispostos a concentrar suas compras por estarem motivados a participar. Entre os prêmios que os brasileiros preferem ganhar, a empresa de fidelização constatou que os instrumentos de cozinha são os favoritos, com 69% de preferência, seguido por aparelhos de jantar 61%, talheres e jogo de taças (56%) e toalhas, utensílios de churrasco e jogo de facas com 52%. 

Ainda de acordo com os dados da pesquisa, o que mais leva os consumidores a participarem das promoções são em primeiro lugar os prêmios, depois a praticidade e a loja de preferência. Já o que mais repele os clientes é a falta de programas de vantagem em alguma loja específica, o tempo que demora para juntar os itens de troca, como os selinhos, e quando o programa não está disponível na sua região.