WhatsApp bate recorde com 100 bilhões de mensagens no ano novo

Recursos mais utilizados: mensagens de texto; status; mensagens com imagens; chamadas; mensagens de áudio.  
O WhatsApp registrou em 31 de dezembro tráfego de 100 bilhões mensagens no mundo, seu recorde em um único dia. Desse total, mais de 13 bilhões foram enviadas no Brasil, o que confirma que o País é um dos seus maiores mercados, rivalizando com o indiano. Das 100 bilhões de mensagens no último dia de 2019, 12 bilhões eram multimídia. A empresa informou também que os cinco recursos mais utilizados no aplicativo por seus usuários ativos diários (DAUs, na sigla em inglês) em dezembro foram, nesta ordem: mensagens de texto; status; mensagens com imagens; chamadas; mensagens de áudio. Fonte: Mobile Time

TikTok atrai marcas brasileiras e vai testar monetização no País

O TikTok (Android, iOS), plataforma global de produção e distribuição de vídeos curtos, começa a atrair a atenção de marcas que atuam no Brasil e celebridades nacionais. Guaraná Antarctica, Amaro, Desinchá e KitKat são algumas que já criaram contas oficiais para o público brasileiro dentro do TikTok e vêm utilizando a plataforma como um canal de divulgação de seus produtos. Clubes de futebol, como Flamengo e Corinthias, fizeram o mesmo, aproveitando o canal para produzir vídeos de bastidores dos seus times. Com a crescente popularidade no País, especialmente junto ao público mais jovem, o TikTok agora estuda diferentes oportunidades de monetização. “Atualmente, as marcas podem associar seu conteúdo TikTok a hashtags de sua escolha, formando parcerias com criadores de conteúdo livremente, mas todas as ações têm um efeito orgânico. Também estamos explorando uma variedade de oportunidades de monetização para marcas e criadores, e procuramos testar diferentes formatos mais adiante”, informa Rafaela Furtado, head de parcerias estratégicas na América Latina do TikTok. Um dos diferenciais da plataforma são suas variadas ferramentas de edição de vídeo, que incluem filtros, máscaras e efeitos diversos, como alteração da velocidade da imagem, assim como adição de trilha sonora a partir de um vasto catálogo na nuvem. Outro diferencial é o esforço da empresa em promover a interação entre seus usuários a partir de desafios de criação de vídeos inspirados em determinadas hashtags locais. Não raro, marcas e celebridades pegam carona nessas campanhas, ou propõem suas próprias. Fonte: Mobile Time

E-sports, 5G e áudio são algumas das tendências para 2020
2020 já é realidade e para antecipar as tendências e apresentar os principais desafios que agências e anunciantes terão pela frente, a Kantar lança o estudo global Tendências & Previsões de Mídia. A mensagem principal é o ‘paradoxo digital’ que o novo ano reserva. Assim como nos anos anteriores, a tecnologia continuará a redefinir o cenário da mídia em 2020, criando oportunidades e desafios para os profissionais de marketing. À medida que os gastos com anúncios em plataformas sociais e tecnológicas continuam aumentando, as inovações tecnológicas também permitirão um renascimento do envolvimento no mundo real. De acordo com o Tendências & Previsões de Mídia da Kantar, os profissionais de marketing e veículos de mídia serão desafiados a desenvolver habilidades, modelos de engajamento e recursos de medição para engajar os consumidores em um cenário cada vez mais concorrido. A Kantar acredita que, embora os novos canais de mídia em evolução criem oportunidades, o dilúvio de pontos de contato digitais tornará mais difícil a conexão com os consumidores. Os profissionais de marketing também precisarão navegar no “dilema dos dados”, atendendo à demanda do consumidor por conteúdo relevante e personalizado, sem quebrar a confiança e a privacidade. A parte do estudo que fala sobre tendências tecnológicas que transformam o cenário de mídia mostra que o 5G finalmente se torna real, haverá uma batalha das plataformas de streaming, novos canais de áudio estão prontos para ganhar destaque e o conteúdo vai se aliar ao comércio. Fonte: Kantar