O canal para quem respira cliente.

iPhone X pode interromper produção devido ao baixo interesse do público

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin

Design mais reconhecível e preço mais baixo estão levando consumidores chineses e de outros países a preferirem versões anteriores
Quando o iPhone X foi lançado, parecia destinado a se tornaum enorme objeto de desejo com sua tela quase sem moldura, o uso das faces como senhas biometricas e outros badulaques. A realidade, porém, não vem se mostrando tão rósea. Segundo uma fonte que o mercado considera muito confiável, Ming-Chi Kuo, analista da KGI Securities, consultoria chinesa, conhecida por antecipar informações sobre a Apple, a empresa americana  pretende interromper a fabricação do iPhone X a partir do final deste ano devido à baixa demanda pela versão premium do aparelho. O principal responsável pela mudança de direcionamento seria o território chinês, onde o iPhone X estaria apresentando uma procura muito abaixo da esperada. As cenas de esgotamentos e listas de espera, vistas no lançamento original do smartphone na Europa e Estados Unidos, não teriam se repetido por lá, um dos principais mercados atuais para a Apple, bem como em outras regiões onde o produto chegou semanas ou meses depois, após o esfriamento das expectativas dos usuários. Mas não é como se existisse uma rejeição. Pelo contrário, as pessoas ainda estariam buscando o aparelho, mas dando preferência ao iPhone 8 e modelos mais antigos devido ao design reconhecível e também o preço mais baixo. Fonte: TechTimes

Amazon abre para o público sua loja sem filas dos caixas
Depois de um ano de testes em que apenas m seus funcionários participaram, a Amazon abriu na segunda, 22/1, a primeira Amazon Go, loja que permite ao cliente entrar, pegar o que quer e sair — sem precisar passar em um caixa (até porque não conseguirão encontrar um). A tecnologia proprietária, composta por centenas de câmeras e sensores e que exigiu o desenvolvimento de um novo aplicativo, tinha a promessa de resolver uma reclamação básica dos compradores — as longas filas para pagar — quando foi revelada há pouco mais de um ano, constituindo-se no maior avanço desde os códigos de barras. Mas não se espere que ela tenha o mesmo impacto. A tecnologia por trás da Amazon Go, chamada Just Walk Out, é proprietária e a Amazon deve manter seus detalhes secretos enquanto o testa em um conjunto de clientes pequeno mas mais variado do que os funcionários da Amazônia que o utilizaram. Estava inicialmente programado para abrir ao público no início de 2017, mas foi adiado em parte devido à complexidade da tecnologia. Fonte: USA Today

Correios comemora dia do carteiro e 355 anos de serviço postal

No dia 25 de janeiro, os Correios comemoram 355 anos de serviço postal no Brasil e também dedicam a data ao profissional responsável pela credibilidade e reconhecimento da população à instituição: o carteiro. Atualmente, a empresa conta com cerca de 106 mil funcionários. Destes, 57 mil são carteiros, profissionais responsáveis e comprometidos com a entrega anual de bilhões de objetos postais em todos os cantos do país, atividade com desempenho reconhecido por variadas premiações e pesquisas. Em 2017, os Correios receberam o prêmio “Marcas de Confiança”, realizado pela revista Seleções, na categoria “Instituições de Confiança”. A empresa permanece pelo décimo quinto ano consecutivo como instituição mais confiável do Brasil. Também foram vencedores no prêmio “MarCo. 2017: As marcas corporativas de maior prestígio do Brasil”, na categoria “Serviços”, realizado pela revista Época Negócios; e no prêmio “100 Melhores Empresas em Satisfação do Cliente em 2017, na categoria “Entregas”, concedido pelo Instituto MESC. Além disso, também em 2017, a empresa foi premiada pelo quarto ano seguido no Top of Mind, da Folha de São Paulo, e atingiu o mais alto índice de avaliação desde que a categoria “Serviço de Entrega de Encomendas” integrou a premiação.

Curiosidade – O mensageiro Paulo Bregaro, considerado o primeiro carteiro do Brasil, entregou a D. Pedro I, no dia 7 de setembro de 1822, correspondência da Imperatriz Leopoldina informando sobre novas exigências de Portugal com relação ao Brasil. Ao recebê-la, às margens do Riacho do Ipiranga, D. Pedro reagiu às imposições da Corte e declarou no ato a Independência do Brasil, associando assim os Correios a um dos mais importantes momentos brasileiros. Por seu feito, Paulo Bregaro é o patrono dos Correios.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima