Pesquisa: mais da metade dos consumidores compra pelo smartphone

Notebooks vieram em segundo lugar e desktops ficaram na terceira posição
Uma pesquisa realizada pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas mostrou que 86% dos consumidores conectados fizeram pelo menos uma compra pela internet entre junho de 2018 e junho de 2019. Desse número, 67% utilizaram o smartphone para concluir a compra do que desejava. Em segundo lugar na pesquisa, ficaram os notebooks (39%) e, na sequência, os desktops ou PCs (39%). O estudo também mostrou que um terço desses consumidores adquiriu algum produto ou serviço por meio de redes sociais, como Facebook, Instagram, Youtube e WhatsApp. Desses consumidores, 63% compraram de varejistas nacionais na maioria das compras, 57% preferiram portais de venda de produtos novos ou usados, 38% escolheram varejistas internacionais e 27% preferiram sites com ofertas e descontos. Em um primeiro levantamento, o estudo ouviu 904 consumidores para identificar quais pessoas compraram pela internet nos últimos 12 meses. Na segunda parte, foram ouvidos 800 consumidores que fizeram alguma compra durante este período.

Novo chip dos Samsung Galaxy S20 vai aumentar segurança dos dados
A Samsung anunciou hoje, no seu site oficial, um novo chip que tem o objetivo de aumentar a segurança dos dados dos utilizadores. Conhecido como Secure Element (SE), fará parte dos Samsung Galaxy S20.  Este pequeno componente foi omitido na apresentação dos Galaxy S20, não se sabe por que motivos. O chip Secure Element foi concebido com o intuito de oferecer uma nova camada de segurança aos nossos dados sensíveis. Para isso, este oferecerá uma solução que combina hardware e software desenhados propositadamente para guardar localmente dados como passwords, informações de biometria ou mesmo credenciais de criptomoedas. Estes estarão separados dos restantes dados que tenhas no smartphone, para que hackers ou indivíduos maliciosos não tenham acesso a estas informações sensíveis. Esta abordagem não é inovadora, já que a Apple e a Google também oferecem soluções semelhantes. No caso da Apple temos o “Secure Enclave” e a Google usa o chip “Titan-M”. Mesmo assim, considerando a liderança disparada da marca, é um marco importante. Fonte: 4G News