A valorização de quem faz a diferença

0
0
Em qualquer empresa, de qualquer segmento, um dos principais alicerces para crescer é o fator humano. Ou seja, quem dá a base para alcançar os bons resultados são as pessoas. No mercado de contact center, esse ponto é ainda mais relevante, já que lida com um número grande de funcionários, sendo que muitos estão na ponta do relacionamento. Sabendo dessa importância, a Vector Contact Center busca dar sempre uma atenção especial aos colaboradores. Essa preocupação se traduz em ações e investimentos voltados para a valorização e capacitação dos profissionais.
O vice-presidente da Vector, Gustavo Marinho, destaca que hoje há na empresa sete programas voltados a capacitação dos colaboradores, deste os que estão na ponta até os cargos mais elevados. Além disso, a empresa possui um Sistema de Gestão de Capital Humano, ferramenta com a qual a equipe de RH faz a validação prévia das competências de cada atendente e registra os dados para alinhar a demanda do cliente contratante ao perfil do atendente previamente selecionado. “Assim, chega-se rapidamente ao melhor desempenho de cada profissional.” Outro diferencial, segundo o executivo, é a equipe de recrutamento e seleção, que reúne, em média, mais de cinco anos de experiência nesta área.
O resultado de todo esse trabalho vem com a taxa de turnover abaixo dos 3% e com o reconhecimento do mercado. Essas ações permitiram à Vector receber troféu no Prêmio Latam 2016. Para o VP, a implementação efetiva da estratégia foi a peça fundamental para a conquista, assim como demonstra acertada a decisão de investir nas pessoas. “O prêmio é a certeza de que estamos no caminho certo. Em particular, acredito que os resultados do Prêmio Latam serão percebidos rapidamente por nossos clientes”, pontua Marinho.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorService desk eficiente
Próximo artigoApp personalizado