ABT faz acordo com Ministério do Trabalho

0
1

A Associação Brasileira de Telemarketing(ABT) está distribuindo um comunicado aos seus associados falando sobre o acordo que oficializa o convênio Programa Nacional do Primeiro Emprego, que está sendo desenvolvido junto ao Ministério do Trabalho. “O documento oficializará atividade que faz parte de nossa rotina. Ou seja, contratar jovens para dar-lhes o primeiro emprego”, afirma o presidente da entidade Topázio Silveira Neto, em documento distribuído aos associados.

A aproximação com o ministério deixou o dirigente da ABT bastante satisfeito, que já pensa em ter um representante do órgão federal (talvez o próprio ministro Ricardo Berzoini) na entrega do Prêmio ABT para a assinatura do convênio.

Para valorizar o ato e as empresas associadas, a ABT solicita assinatura de todos e também das empresas individualmente..Para tanto, é necessário que as empresas se cadastrem através do pedido de assinatura que a entidade está enviado aos seus associados (documento este que é provisório, até que o convênio seja oficializado). O material recebido pelos associados deverá ser encaminhado para e-mail da ABT [email protected] , que entrará em contato para dar outros esclarecimentos.

Os procedimentos requerem a regularidade fiscal e uma projeção de empregos que poderiam ser gerados para 2004 e 2005. Para as empresas conveniadas, existem duas formas de retorno por parte do governo: 1.500 reais por ano por empregado contratado ou receber o Selo de Responsabilidade Social do Governo Federal (a opção escolhida deve ser identificada no documento que está sendo enviado).

“Seria muito importante para o setor que assinássemos, no dia 4 de outubro, o protocolo conjunto e as ações individuais, mostrando ao Governo a capacidade de geração de milhares de empregos no biênio 2004/2005. Peço a avaliação urgente de todos do assunto, tendo em vista ser muito importante mostrar de forma objetiva, a importância do setor e nosso potencial”, finalizou Topázio.