Ação inaugura terceira unidade

0
1
A Ação Contact Center inaugura, hoje (17), uma nova unidade em Belo Horizonte. A expansão se deve a um novo contrato de telecobrança, fechado com a Caixa Econômica Federal no início do ano, que demandou mudanças estruturais e o aumento do quadro de funcionários. “A Ação já possui duas unidades (Afonso Pena e Álvares Cabral) na capital mineira e a partir deste mês passamos a contar com uma nova casa. Vamos iniciar um novo ciclo de evolução com novos desafios e oportunidades. Evoluir faz parte do nosso DNA e mesmo em tempos difíceis para a economia é preciso ser otimista e ter boas perspectivas. O contrato fechado com a Caixa é importante para a empresa e essa conquista é mérito do nosso time de talentos”, ressalta Carlos Henrique Ferreira, presidente da Ação Contact Center.
A nova unidade conta com uma área de sete mil e quinhentos metros quadrados, na região central da cidade. Ao todo, a estrutura reúne 1.370 postos de atendimento e diversas salas para apoio administrativo. “A estrutura foi planejada para melhorar a qualidade de vida do nosso colaborador e o ambiente de trabalho. O local possui acessibilidade para pessoas com deficiência, tem amplos espaços de convivência, cantina e pontos de apoio para os setores de Recursos Humanos e Departamento Pessoal, o que tornará os processos mais ágeis”, avalia Sérgio Guilherme, diretor Administrativo Financeiro.
A expansão contribuiu significativamente com uma das principais ações da política de recursos humanos da empresa: a capacitação contínua dos colaboradores. As novas salas irão aumentar em 80% a capacidade de máquinas para treinamento, o que deve potencializar a qualidade dos cursos, palestras e programas de capacitação que são oferecidos aos funcionários, desde a operação até o corpo de gerência. Durante o planejamento do projeto da nova unidade, a empresa também incluiu em seus investimentos um projeto completo de tecnologia. A nova unidade é autossuficiente quanto à geração de energia, contando com um gerador próprio e no-breaks de alto desempenho.
Para atender o contrato da Caixa, a Ação investiu na ampliação de seu time, com a contratação de profissionais para as áreas de operações, planejamento, treinamento e monitoria de qualidade, totalizando 700 novos postos de trabalho. A equipe irá atuar na recuperação de crédito nas áreas comercial e habitacional do banco, de pessoas físicas e jurídicas que estejam em faixas de atraso de cinco a 60 dias. A base de contatos chega a 650 mil contratos em atraso a serem recuperados. Com essa entrada, a Ação alcançará um quadro de colaboradores com mais de três mil pessoas até o final de abril.
Segundo Carlos Henrique, o segmento de recuperação de crédito está se profissionalizando a cada dia. Diante desse cenário, a Ação preza em elevar seus indicadores de qualidade e efetividade, por meio de investimentos em treinamento interno e política de recursos humanos. “O objetivo é que nossos colaboradores se sintam parte de nosso negócio e possam crescer junto com a empresa. Chegamos até aqui graças a cada colaborador que fez parte de nossa trajetória de sucesso”, explica.