Adaptação gradativa

0
2



Embora tenha passado a vigorar em 01 de dezembro último, o Decreto 6.523/2008, que cria novas regras para o SAC, ainda levará algum tempo para ser totalmente observado pelas centrais de atendimento das empresas e pelos call centers terceirizados. A avaliação é de Ednilson Hummig, gerente de marketing da Dígitro Tecnologia, empresa de inteligência, TI e telecom.

 

De acordo com Hummig, o baixo nível de aderência dos call centers ao Decreto, tal como foi detectado pela imprensa após o início de dezembro, deve-se em grande parte ao pouco tempo que foi dado para as mudanças tecnológicas necessárias para as novas regras. “Acreditamos que, por volta de março ou abril do próximo ano, as empresas já terão experimentado as novas soluções em escala real e os consumidores poderão sentir os resultados concretos”, avalia.

 

Hummig acrescenta que apesar da nova legislação demandar mudanças no atendimento, existem soluções simples para adequar as empresas de call centers às novas regras. Para ele, “passado o primeiro momento da polêmica que envolve a nova lei, o setor irá perceber que ela vem para impor novos padrões de qualidade e de competitividade na área”.