Apagão de talentos: RH veio para ajudar

0
3



Não é novidade que o mercado está cada vez mais acirrado, onde a competição não é apenas de clientes da concorrência, mas com os melhores profissionais do mercado. Pensando nisso, as empresas precisam apresentar diferenciais se quiserem empreender e conquistar de vez os bons colaboradores, além de selecionar, desenvolver e reter estes talentos. Com isso, a área de Recursos Humanos ganha espaço e precisa mostrar a que veio.



Para Evaldo Burcoski, diretor da Humanus, empresa especialista em soluções de TI para gestão de capital humano, esse espaço que o RH está ganhando é importante para que ele apresente soluções cada vez mais práticas, como o plano de Cargos e Salários. “O plano contempla uma série de alternativas que permitem ao gestor administrar os colaboradores de forma estimulante e competitiva e com isso, valorizar o conhecimento, a competência e o desempenho da força de trabalho”, destaca o executivo.



O plano de Cargos e Salários é um instrumento de organização e normatização das relações de trabalho entre a empresa e seus funcionários. É parte importante da definição da política (o que pode fazer) e dos procedimentos (como fazer) com a gestão de RH. Por tanto, desenvolver a política de Cargos e Salários permite o controle de informações estratégicas como: histórico de dissídios, datas-base, reajustes e outras informações ligadas ao salário dos colaboradores. “Esta prática possibilita uma métrica das informações da empresa com os dados do mercado, além de responder aos gestores de RH, como são as estruturas e perfis dos cargos da empresa”, explica Burcoski.



A Humanus possui uma série de serviços que visam maior facilidade para as empresas e ganho de tempo nas atividades de rotina. “A aplicação do Plano de Cargos e Salários nunca foi tão importante, principalmente para as empresas que não querem perder seus melhores colaboradores para a concorrência”, completa o diretor da empresa.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorNice compra Fizzback por U$80 mi
Próximo artigoDa gente que eu gosto