Atendimento massificado ou personalizado

0
29

Na última década, Lucas Mancini, presidente do Voxline, percebeu que houve separação do setor. A divisão ocorreu entre as grandes empresas especializadas em atendimentos massificados e os que oferecem um serviços mais personalizado. Em entrevista exclusiva, Mancini comenta essa divisão e outras mudanças dos últimos dez anos.
Callcenter.inf.br – Quais as principais mudanças que enxerga do mercado nesses últimos 10 anos?
Lucas Mancini – Efetivamente o mercado divergiu em duas correntes principais. A primeira, herdeira do telenegócios, são empresas voltadas para a massificação dos serviços, com grandes volumes de posições e faturamentos astronômicos. A segunda, uma vertente que se especializou em serviços com maior valor agregado e, hoje, quase não lembra mais o negócio do callcenter de 18 anos atrás. Essas empresas são na verdade customercenters e sua tarefa principal é gerar valor para o negócio e para a sociedade como um todo, dando maior relevância nas tarefas de relacionamento e negócios.
Quem era o Voxline há 10 anos e quem ela é hoje?
O Voxline nasceu há dez anos com a implantação do Delivery do Habib´s. Após essa implantação iniciamos uma abordagem ao mercado oferecendo nossas especialidades em atendimento nos segmentos de customercare e customerservices. Também inovamos permanentemente nossa infra-estrutura e hoje somos uma empresa multicanal. Além disso, a equipe do Voxline tem se especializado em setores específicos para poder adicionar mais inteligência aos serviços.