Atrium pede licença à Anatel para atuar em SCM

0
7

A Atrium Telecom, operadora de serviços de telecomunicações voltado a empresas em São Paulo, pede à Anatel licença para atuar em serviços de comunicação multimídia (SCM). Com a licença, a Atrium deixa de ser uma SLE (Serviço Limitado Especializado) e passa a oferecer infra-estrutura para que os clientes utilizem multimídia, dispensando novos investimentos da operadora para oferecer esses serviços.

A Atrium registrou em 2001 um aumento de 400% no seu faturamento, relativamente ao mesmo período de 2000. A operadora de telefonia corporativa fechou o ano de 2001 com uma receita de R$ 30 milhões contra os R$ 6 milhões, em 2000. Para este ano, a Atrium prevê faturar R$ 48 milhões.