Avaliação de cases

0
2



Entre os dias 14 e 16 de setembro, a ABT (Associação Brasileira de Telesserviços) vai receber em sua sede um grupo de profissionais para avaliação e julgamento dos cases inscritos para a disputa do Prêmio Nacional de Telesserviços, edição 2010. A escolha de cada um dos jurados convidados pela comissão organizadora do evento foi baseada no reconhecimento de cada um na sua área de atuação. De acordo com o regulamento da premiação, nenhum deles tem cases inscritos ou qualquer ligação com as empresas participantes no setor/categoria em apreciação.

 

“Esse cuidado é necessário e somos rígidos com todo o processo de escolha dos melhores cases. Dessa forma, garantimos ao mercado e às empresas participantes total credibilidade ao único e legítimo prêmio autenticado pela ABT”, diz Carlos Umberto Allegretti, diretor da entidade e coordenador geral do prêmio.

 

Os cases são julgados por sua adequação ao prêmio, por sua estrutura lógica, pela estratégia adotada pela empresa, pela forma como foram implantados e, consequentemente, pelos resultados alcançados. Para cada setor/categoria são apontados três jurados. Vencem as empresas que obtiverem  a melhor média – os quesitos têm pesos diferentes.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorGestão de campanhas integradas
Próximo artigoGrupo Assa reforça equipe