Call centers impulsionam busca pela qualificação

0
3

A busca pela qualificação acompanha o crescimento do setor de call center, formado por empresas que prestam serviços de CRM, telemarketing. atendimento via web e SAC. Dados da ABT (Associação Brasileira de Telemarketing), confirmam que em quatro anos (1997-2001), o setor registrou aumento de 198% no número de postos de trabalho. Para atuar com eficiência neste novo mercado, onde 45% dos 500 mil postos de trabalho são ocupados por jovens em sua primeira experiência profissional, a principal preocupação é investir em cursos, treinamentos e capacitação.
A Softway Contact Center, empresa do setor, acompanha esta tendência de profissionalização e, por meio de uma parceria com o Instituto Habilitare, desenvolve ações como a Universidade Softway.
Em funcionamento desde o ano passado, o projeto permite aos colaboradores cursarem uma faculdade dentro das instalações da empresa. Os cursos têm dois anos de duração e a meta da universidade é capacitar acima de 500 pessoas em 2004. “Queremos formar profissionais e dar oportunidades de promoção e desenvolvimento para que os operadores de hoje ocupem cargos de coordenação e gerência no futuro”, é o que diz Alessandro Goulart, presidente da Softway Contact Center, que emprega, de acordo com Goulart, 4.200 pessoas. Outra iniciativa apoiada pela empresa é o MBA Executivo em CRM e Call Center. Lançado em 2003 é o primeiro curso do gênero no país e tem entre seus 44 alunos gestores de operações de call center.