Citrix anuncia crescimento de 62%

0
1

A Citrix Systems, empresa que oferece soluções de infra-estrutura de acesso, divulgou o crescimento de 62% no segundo trimestre de 2004, em relação ao mesmo período do ano passado sobre suas receitas em dólares no Brasil. Com esta conquista, a filial brasileira obteve o quinto trimestre consecutivo de crescimento, que foi puxado pela conquista das Citrix Solution Advisors (CSA) – revendas – de novas contas nos segmentos de telecomunicações e finanças. As CSAs estão subdivididas em três níveis: Platinum, o mais elevado; Gold; e Silver.
No mundo, a receita da Citrix no segundo trimestre havia encerrado em 30 de junho de 2004 e apresentou um aumento de 24,6% no faturamento – as receitas para o segundo trimestre de 2004 foram de US$ 178,3 milhões, em comparação a US$ 143,0 milhões no mesmo período do ano anterior. Para o terceiro trimestre, a Citrix estima que a receita global estará na faixa de US$ 175 milhões a US$ 185 milhões.
As soluções Citrix facilitam o acesso a aplicações e informações por meio de qualquer dispositivo e conexão. “A oferta desse tipo de solução dentro de propostas completas fornecidas pelas revendas atendia às necessidades mais específicas de cada cliente”, aponta Alberto Toledo, vice-presidente da Citrix para Brasil e Cone Sul.
“Certas revendas conquistaram grande participação no País ao atuarem em nichos específicos, entre eles empresas de pequeno porte, ou regiões geográficas ainda não muito exploradas para oferta desse tipo de serviço, como o Norte e Nordeste.” Ele ressalta que programas de geração de demanda em conjunto com os distribuidores, CNT Brasil e Officer, também trouxeram impactos positivos no segundo trimestre.
A fim de aumentar os negócios neste ano, a Citrix implementou em 1º de julho uma equipe interna de vendas, com o objetivo de identificar e gerar mais oportunidades de negócios, que serão disponibilizadas para as revendas oferecerem suas propostas. “Temos em mente que as revendas fazem um ótimo trabalho na implementação de testes piloto, negociação e
fechamento de contratos, mas percebemos que poderíamos ajudá-las mais na prospecção e qualificação de possíveis acordos.”
“Uma melhor identificação de oportunidades de negócios, por meio de um conhecimento aprofundado do mercado pela nossa equipe, trará vantagens a curto prazo para as revendas, pois mais prospects serão qualificados”, aponta Alberto. Segundo ele, a equipe de vendas internas também terá papel importante no acompanhamento de todo o processo de venda e implementação das soluções Citrix.
Novo parceiro Platinum
Segundo Toledo, a Citrix espera nomear um novo CSA Platinum até o fim do ano, o que elevará o número de parceiros desta categoria para três. “Os parceiros Platinum são responsáveis por grande volume das vendas de soluções Citrix. Tratam-se de empresas que oferecem soluções completas de software e serviços especializados de integração apoiados na infra-estrutura de acesso Citrix”, explica.
“A escolha do novo CSA Platinum não está baseada apenas na superação de metas de vendas, mas também no grau de complexidade das implementações realizadas e a capacidade de o parceiro resolver as questões de negócio do cliente por meio de softwares da Citrix, independentemente de os projetos focarem em continuidade de negócios, distribuição de aplicativos, mobilidade ou conectividade de escritórios remotos.”