Coaching nas PMEs

0
1



Pequenas e médias empresas que recorrem ao coaching tornam-se mais profissionais, aumentam a produtividade e conseguem dos colaboradores maior fidelidade à empresa. “Pode até ocorrer a diminuição das horas de expediente devido ao melhor aproveitamento do tempo”, constata Guilherme Rego, coach e proprietário da Elevartis.

 

Para Guilherme Rego, nas PME’s também existe dificuldade de contratação de mão de obra devido à concorrência com grandes corporações, mais um motivo para a necessidade de desenvolver habilidade nas camadas gerenciais. “Nessas empresas temos poucas pessoas e uma concentração ainda maior de responsabilidades estratégicas, táticas e até operacionais que, se mal executadas, podem colocar o negócio da empresa em maus lençóis”, afirma.

 

Os processos variam de acordo com a necessidade da empresa, mas as modalidades mais indicadas são o Business, Executive e Team Coaching. O mais indicado quando o coachee é CEO ou proprietário da empresa é o Business e Executive Coaching. A metodologia aborda diversos aspectos dos negócios e sua gestão. “Nesse caso, as questões relacionadas à gestão de pessoas e administração do negócio de uma maneira geral precisam ser desenvolvidas juntamente com as competências comportamentais”, acrescenta.

 

Outra modalidade muito procurada é o Team Coaching. Rego aponta que o processo melhora a eficiência individual e da equipe além da satisfação com a empresa e claro, o aumento do desempenho do todo. “Normalmente, no início o time se dá uma nota média de quatro – de zero a dez – e no final do processo se dão nove”, relata.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorInformações compartilhadas
Próximo artigoCrescimento expressivo