Como está o home office no Brasil?

0
1
Das organizações brasileiras que possuem a prática de home office, 42% têm política estruturada, sendo a maior parte delas existentes a menos de cinco anos. É o que revela estudo da SAP Consultoria em Recursos Humanos, junto a mais de 200 empresas nacionais e multinacionais de diferentes segmentos e regiões do país. O estudo demonstrou que o perfil das empresas que adotam a prática é de origem internacional com uma concentração de 70% junto aos mercados de TI, Químico/ Petroquímico, P&D, Autoindústria, Eletroeletrônico e Bens de Consumo. Já os pilares para elegibilidade adotados pelas empresas estão mais direcionados ao nível hierárquico do que propriamente às áreas específicas, sendo que 45% estendem para todos os níveis. Das empresas que não possuem a prática, 83% nunca pensaram na possibilidade de implantação, alegando como principais motivos a cultura empresarial corporativa e/ou tipo de atividade a ser englobada.