Construção do legado

0
1
Autor: Pedro Lins
Caro CEO,
 
Gostaria de convidá-lo a refletir sobre a sua jornada como CEO em três momentos:
 
Num primeiro momento: Você se lembra do dia em que acordou como CEO?
Qual foi a sensação? As apreensões, os receios, as alegrias, do sucesso alcançado?
Quantas vezes você já se sentiu assim, com uma visão limitada ou ofuscada sobre o lugar que ocupa ou ocupará no mundo? E sobre o potencial de fazer a diferença que possui, e o sentido mais amplo do papel que você desempenha?
 
Além do enorme desejo de superar os desafios que iriam surgir nesta nova jornada.
 
Jornada esta baseada na sua experiência passada, aperfeiçoada nesta nova fase profissional (seu presente – CEO), e a base do futuro que você irá construir. O que denomino, “Construção do Legado” da sua jornada profissional e pessoal.
 
Desta jornada, podemos falar sobre vários temas, mas vamos focar em dois deles: talentos e competências. Como você desenvolve seus talentos e suas competências? Como eles podem fazer a diferença na sua carreira, e na sua vida pessoal? Quais foram estes talentos e competências: …, …, …, … O que eles significam para você?
 
Eles podem colaborar para que você faça a diferença: aqui agora, e no futuro?
Com certeza, eles colaboraram como referência sobre onde estávamos, onde estamos, e como guias para onde vamos?
Eles nos possibilitam ser alguém, e estabelecer relações com o outro. Na verdade a boa utilização deles, nos fazem ser o que somos, e o que queremos ser.
 
Vamos refletir: será que você tem ampliado, diversificado e utilizado seus talentos e competências para experimentar novas situações, envolvendo-se com pessoas diferentes de você, fazendo algo inusitado, ou tem preferido situações monocromáticas, previsíveis e conhecidas?
 
Essa é a chave para o segundo momento ,e aqui o convite é para que você se deixe SURPREENDER!!!
 
O escritor Nilton Bonder diz que “surpreender-se é, na realidade, a maior prova de poder de um ser humano”. Adaptando um de seus textos, posso dizer que o CEO, que faz a diferença e constrói um legado, não é aquele que surpreende os outros, mas sim, aquele que surpreende a si mesmo e investe sua energia no que ainda não foi feito, dito, visto ou escutado.
 
Um CEO que deseja mobilizar seus seguidores, deve “Mostrar algo que lhe surpreenda”. Se um líder é alguém que deve ser respeitado, ele tem de mostrar que é alguém que se surpreende e não alguém que surpreende os outros.
 
Como último momento, e já que estamos falando de horizonte, gostaria que você pensasse sobre o futuro, sobre o Legado que você quer ou está construindo.
 
Outro autor, Amós Oz, no seu livro – Rimas da Vida e da Morte, nos questiona com uma pergunta intrigante: “Quando morremos de verdade?”
“Morremos de verdade, quando a ultima pessoa que se lembrar de nós morrer”.
Só quando essa pessoa morrer é que morreremos para sempre. Porém  enquanto essa pessoa viver, permanecemos vivos por meio da sua memoria. A isto chamo de Legado.
 
Nos surpreender conosco é algo de grande força. Porque as surpresas do relativo, das misturas, dos erros, das espontaneidades nos fortalecem e nos oferecem seu nutriente mais importante: a evolução – a construção do nosso legado.
 
Para ser esse CEO, um dos caminhos é ampliar os horizontes, buscar novas perspectivas de visão, escutar sem pressa de chegar a conclusões e, mais do que tudo, experimentar o desconhecido, aprender novos talentos e competências e estar verdadeiramente conectado com a Construção do seu Legado.
 
Sendo assim, é por meio da utilização de seus talentos e competências, da sua capacidade de surpreender-se, de fazer a diferença na família, comunidade ou no seu trabalho, que você é capaz de Construir seu Legado, deixando-o para o mundo, que fará com que muitas pessoas se recordem de você.
 
Pensem nisso: aquele que não faz uso de todo o potencial de seus talentos e competências, de todo o potencial da sua vida, de alguma maneira diminui o potencial de todos os demais.
 
“Surpreenda-se: como líder do futuro, faça a diferença na sua vida, na sua profissão, na sua empresa, no mundo – construa o seu legado”.
Pedro Lins é mentor e conselheiro do CEOlab, consultor em competitividade sustentável/conduta empresarial responsável, CEO da FIX-CS, professor convidado da Boston University e professor associado da Fundação Dom Cabral.