Criativa: projeto concretizado em cinco sites

0
7

A idéia de realizar um trabalho de telemarketing ativo para vendas de produto fez nascer, no Rio de Janeiro, o primeiro site da Criativa. Naquele momento, em 1999, a empresa contava com 50 posições de atendimento para realizar as operações dos clientes Telemar, Editora 3 e Venda. Em busca de novos negócios, logo a operadora se expandiu para outras regiões, instalando sites em Brasília, Cuiabá, Ceará e, finalmente São Paulo.

“Para seu crescimento, a Criativa procurou regiões que não houvesse grande concorrência”, avalia o gerente comercial da empresa, Luís Eduardo Ferraiolo. “A Criativa foi se especializando no atendimento ao setor de telecomunicações e personificou uma carteira grande de clientes, sempre com o objetivo de chegar consolidada em São Paulo.”

Mesmo visualizando oportunidades de negócios em outros estados, a empresa adotou o critério de somente se instalar em regiões onde houvesse contrato fechado com clientes. Hoje, com um total de cinco sites, as operações estão divididas em 60% ativas e 40% receptivas. “Operamos com 1.200 PAs e 2.500 operadores, mas temos capacidade para 2.100 PAs”, afirma Ferraiolo.

O gerente analisa o mercado de call center e considera que, com a abertura do mercado de telecomunicações e com as instituições financeiras buscando novos clientes, o crescimento para o setor deve ficar na média de 20% a 30%. “As empresas que vão terceirizar seus serviços querem, além da qualidade em tecnologia, também qualidade em atendimento”, comenta.

Segundo Ferraiolo, estas empresas procuram um parceiro de telemarketing que acredite no seu produto. “A Criativa sempre utilizou todos os meios possíveis para atender tanto no foco do produto final quanto no cliente em si, da melhor maneira possível a fim de estar captando sua fidelidade.”

A Criativa tem como cliente a Brasil Telecom, ATL, Telemar, GlobalStar, Star One, BCP, Credi Card Cigna Seguros, Rio Japan, Banco Itaú, Banco Santander, Bradesco Captalização, AGF Seguros, Coelce, NET, Fiec, Ceras Johnson, entre outros. Para a Star One, provedora de internet, realiza operação especial. O atendimento, receptivo, requer atendentes com nível de conhecimentos técnicos específicos para passar informações necessárias para a venda do produto.