DigiVoice inicia testes da VoicerLib para Linux

0
0

Com o crescimento da demanda por aplicações em Linux, a DigiVoice, fabricante de placas de voz para funcionarem dentro de PC, está em fase de testes de sua ferramenta de desenvolvimento de aplicações de voz, a VoicerLib para este sistema operacional. A VoicerLib para Linux deverá ser liberada no primeiro trimestre de 2004 e atenderá a um mercado que adota o sistema operacional por diversas razões, entre elas a sua estabilidade, sua robustez em aplicações críticas, pelo seu conceito de código aberto, apoiado por uma comunidade de desenvolvedores no mundo inteiro, que colabora para a melhoria do sistema e de seus aplicativos, por seu baixo custo de propriedade, e por receber apoio do governo brasileiro para a pesquisa e desenvolvimento de produtos que utilizem o conceito de código aberto, “não só orientando suas compras para tais produtos como também abrindo linhas de crédito para os desenvolvedores”, ressalta Armando Porto, diretor comercial da DigiVoice.

“Nós somos usuários de Linux há vários anos na DigiVoice e agora estamos entusiasmados com a procura da VoicerLib para este sistema operacional por nossos parceiros desenvolvedores”, revela o executivo. “Só para se ter uma idéia do que se pode economizar com esta solução, podemos imaginar um Call Center com 500 posições de atendimento. Adotando uma solução Linux, a empresa deixará de gastar com 500 licenças de um sistema operacional pago. Isto pode significar uns R$ 400.000,00 de economia. Uma licença de XP está em torno de R$ 900,00”.

A versão atual da VoicerLib utiliza a tecnologia Activex para o sistema operacional Windows e permite a criação de aplicações de voz utilizando linguagens de programação tais como Visual Basic, Delphi, C++ Builder entre outras e é utilizada para o desenvolvimento de um grande número de aplicações, como correio de voz, serviços de disque-denúncia, call center, Unidades de Resposta Audível (URA), gravadores digitais de conversação e discadores automáticos.