Eles envelheceram?

0
19
O perfil dos profissionais que atuam no mercado de contact center tem se modificado nos últimos anos. Quase metade dos trabalhadores da área, 46,7%, tem mais de 25 anos, de acordo com o Sintelmark (Sindicato das Empresas de Telemarketing, Marketing Direto e Conexos). Índice 5,8 p.p superior em relação a 2010 quando essa faixa totalizava 40,9%.
Além da idade, os aspectos gênero e escolaridade se configuram da seguinte forma a predominância do setor ainda é feminina, composto por 73,4%, cujo percentual se mantém nos últimos anos. Além disso, o número de profissionais com ensino superior (completo ou incompleto) passou de 5,6%, registrado no ano passado, para 6,9%, em 2013.
“É necessária a identificação de tempos em tempos do perfil do operador para que se possa idealizar e direcionar, da melhor maneira possível, ações que contribuam para sua evolução pessoal e profissional. Além da estruturação de projetos que garantam seu bem-estar no ambiente de trabalho, o que irá gerar maior produtividade e qualidade de vida”, afirma Stan Braz, diretor presidente executivo do Sintelmark.