Esse jogo ficou no empate…

0
10
Desde a escolha do Brasil para sediar a Copa do Mundo de futebol, muito se falou sobre os impactos que ela iria gerar na economia. Com a vinda dos turistas e os brasileiros animados por terem a competição sendo realizada em seu país, o que se pensava era que poderia haver um grande impacto nas empresas. No mercado de call center essa expectativa também existia: até que ponto poderia aquecer o mercado? Porém, com o tempo passando e o torneio se aproximando, algumas dúvidas já começaram a surgir. Hoje, com a Copa já tendo começado o que se vê é uma grande divisão de opiniões sobre os reais impactos. Há quem se aproveitou para conquistar novos clientes ou apenas adaptaram algumas operações. Porém, tem também os que não sentiram impacto nenhum, apenas se prepararam para manter a qualidade do atendimento nos dias de jogos do Brasil. Em entrevista exclusiva para o portal Callcenter.inf.br, as empresas de contact center compartilham um pouco dessa experiência que tiveram com a Copa e revelam detalhes sobre de que forma ela influenciou no negócio.
Confira o que os outsourcers falaram:
Copa do Mundo faz crescer a demanda por operações bilíngue e trilingue da AeC
Com brasileiro ligado nos jogos, torneio pode fazer com que volume de ligações caia
Vikstar aposta em cultura de prontidão para manter qualidade do atendimento na Copa
Flex adapta algumas operações para o torneio e promove iniciativas com público interno
Copa gera oportunidade para ABS Brasil formar know-how em relacionamento esportivo
Unitono monta operação bilíngue para atender clientes de companhia aérea durante campeonato
Maioria dos brasileiros acredita que mundial não influenciará nos serviços
Intelecto aposta que sucesso da Central de Línguas Sebrae na Copa pode abrir novas portas
Veganet aproveita Copa para se reestruturar e aumentar satisfação dos atuais clientes
Motiva prepara operação para não aumentar absenteísmo durante a Copa
Geração de novos negócios por conta da Copa não aconteceu



Aproveite e deixe a sua opinião na enquete do portal Callcenter.inf.br. Para você, a Copa do Mundo impactou de forma positiva o mercado de contact center?