Flex e Grupo RR consolidam união

0
3
A Flex Contact Center uniu forças com o Grupo RR. A união resultou em uma empresa com mais de 10 mil profissionais, 12 unidades e com projeção de faturamento de cerca de R$ 450 milhões para 2015. O investimento do fundo de private equity Stratus na Flex permitiu a combinação das empresas, que estavam em pleno movimento de expansão.
“As duas empresas são vencedoras e têm mostrado um crescimento acelerado e sólido nos últimos anos, calcado na inovação e capacidade de geração de negócios. Estamos muito contentes por ter encontrado uma empresa como a RR, com princípios e valores semelhantes, além de serviços complementares aos da Flex. Juntas teremos ainda mais força e capacidade de crescimento, podendo oferecer aos clientes e ao mercado processos para uma gestão de relacionamentos ainda mais eficiente e dentro do conceito full service”, destacou Topázio Silveira Neto, presidente da Flex Contact Center.
Fundada em Florianópolis em 2009, a Flex faturou R$187 milhões em 2014, possui mais de 7 mil profissionais e 10 unidades em operação. A empresa vem crescendo ao longo dos anos e no último ano o plano de expansão e interiorização, que começou com a inauguração de duas novas unidades em Lages e Xanxerê, ambas no interior de Santa Catarina, e uma nova unidade na Zona Leste de São Paulo, foi apoiado pelo aporte financeiro do fundo da Stratus. Já o Grupo RR, com forte atuação no segmento de cobrança e análise e concessão de crédito, começou as atividades em 2001, em São Paulo. A empresa conta com duas unidades na capital paulista, mais de 3 mil empregados e faturou cerca de R$ 145 milhões no último ano.
“Estamos criando uma empresa mais forte e eficiente, com maior capacidade para geração de empregos, contribuindo para o desenvolvimento social e econômico do país”, apontou Fabio Ruiz, presidente do Grupo RR. Para ele, o grande diferencial nessa união é que as empresas são complementares no campo de atuação. “Temos conhecimentos e especializações diferentes, mas ambas as empresas acreditam na capacidade de crescimento, na qualidade de serviços e na inovação que permitem a nossa consolidação no mercado brasileiro”, acrescentou.
“Acompanhamos a história de crescimento de ambas e estamos investindo nesse projeto porque conhecemos o potencial de desenvolvimento e expansão dessa união, combinando a capacidade de inovação com a necessária governança corporativa que garantirá uma consolidação importante em todo o ciclo da gestão de relacionamento com clientes”, finalizou Alberto Camões, sócio da Stratus.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorImportância da omnicanalidade
Próximo artigoSalton lança tour virtual