Focando na atividade principal

0
16



Não é novidade que para crescer, as distintas organizações precisam focar na atividade principal da empresa. Mas e as demais áreas, como a de atendimento aos clientes, por exemplo? Para Stan Braz , diretor presidente executivo do Sintelmark, Sindicato Paulista das Empresas de Telemarketing, Marketing Direto e Conexos, a melhor solução é a terceirização. “Com o aumento de clientes, as empresas devem se focar em sua área de atuação e definir outras organizações especializadas para prestar os serviços secundários”, destaca em entrevista exclusiva ao portal Callcenter.inf.br.

 

Braz ressalta que nos últimos dois anos, a terceirização da área de contact center cresceu em torno de 8% a 10%. O crescimento se dá, porque, de acordo com o executivo, à medida em que a empresa vai expandindo, ela necessita de um contact center  especializado e terceirizado,  para atender os clientes, contudo, se o porte ainda é pequeno, geralmente é possível atender as demandas internamente.

 

Hoje, o Brasil está sentindo o impacto do avanço da economia, principalmente em relação ao setor de serviços, como aponta Braz. Entretanto, ainda falta uma regulamentação da atividade, para que as empresas atuem respaldadas por uma legislação. A aprovação de uma Lei que regularize o setor de terceirização “é importantíssima para tirar todas as dúvidas que possam existir em relação ao setor”, nas palavras do diretor. Para ele, o PL 4330/2004, que trata dessa questão, deve ser aprovado até o final do ano.