Gente é quem faz a grande diferença

0
1


Edson Gil

Nunca se falou tanto que o aspecto humano é a coisa mais importante de uma organização, porém nunca se fez tão pouco. Em quase todas as empresas e corporações dos dias de hoje, a coisa mais comum é a dependência do comportamento humano e sua influência sobre os objetivos e resultados. A maneira como a cultura e o clima organizacional estão inseridos dentro de um contexto estabelece níveis de dificuldade que são altamente prejudiciais aos rendimentos de cada equipe e de cada integrante destas.

A proeminente necessidade de gestores em entender o comportamento de suas equipes e como influenciar seus comportamentos na direção dos resultados aproximou da estratégia empresarial as técnicas antes apenas utilizadas em divãs de analistas do mundo todo. A psicanálise pode ajudar bastante o mundo corporativo, permitindo um maior entendimento sobre atitudes e comportamentos das pessoas e como direcioná-los para os verdadeiros objetivos. Aspectos como ansiedade e frustração estão diretamente relacionados com os níveis motivacionais e estes ao comportamento das pessoas.

O comportamento das pessoas envolvidas desde a elaboração de um projeto e seu planejamento estratégico até a sua implementação pode ser sensivelmente afetado por aspectos comportamentais, o que pode comprometer os resultados significativamente. É muito comum, infelizmente, ver empresas que não alcançam seus resultados devido a uma série de problemas comportamentais e atitudes divergentes com relação aos objetivos. O resultado é que todo o dinheiro envolvido no processo, todo o investimento é em vão.

Política de ameaças, conflitos interno e divergência de interesses e objetivos e formas de comunicação inadequadas figuram como alguns dos fatores mais importantes pelo fracasso de projetos e planejamentos e que podem ter seu final na organização a partir de uma palestra de conscientização utilizando técnicas psicanalíticas que possibilitam o resgate da razão e direcionam comportamentos.

A partir de um conjunto de técnicas psicanalíticas e de gestão direcionadas para uma organização na hora de apresentar um projeto pode envolver as pessoas em seus resultados de tal maneira que torna os níveis de comprometimento bastante significativos. Se são as pessoas que fazem a grande diferença hoje, é absolutamente necessário que elas tenham a oportunidade de demonstrar todo o seu potencial na busca por resultados. E nisso a psicanálise pode ajudar.

Edson Gil é administrador, psicanalista, filósofo e consultor de empresas nas áreas de Estratégia Empresarial. (www.edsongil.com.br)

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorFNQ debate Benchmarking
Próximo artigoArinso adquire Open HR