Grube Editorial estréia em BH com sucesso

0
2


Em sua estréia em Minas Gerais, a Grube Editoria, responsável pela revista Cliente S.A. e pelo portal Callcenter.inf.br, realizou, no dia 26 de outubro, com sucesso o evento “Relacionamento com Cliente”, que teve uma calorosa recepção do público mineiro. Este, que foi o primeiro evento sobre relacionamento com cliente realizado em Belo Horizonte, foi concebido em parceria com a Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (FIEMG) e atraiu um público formado por profissionais das áreas de tecnologia, contact center, recursos humanos, marketing e vendas.

O evento aconteceu no FIEMG Trade Center e foi aberto com uma apresentação da diretora da Plusoft Anna Zappa, que sublinhou a importância da fidelização do cliente, pois “quanto maior sua vida útil, maior sua rentabilidade”, sendo tal estratégia aplicada por meio de tecnologias oferecidas pelo mercado brasileiro.

À palestra de Anna Zappa seguiu-se o case da FIEMG, apresentado por Tarcísio Vilhena, superintendente de Marketing e Vendas da FIEMG. O case sobre o software Prospects, desenvolvido pela BHS, chamou a atenção por dar conta de uma complicada tarefa: canalizar mais de 2 mil produtos a clientes em potencial do Sistema FIEMG, de acordo com o perfil e interesses delimitados pelo registro de contatos feitos por pessoas nos canais de comunicação da instituição. Os dados registrados são transformados em informação e disponibilizados na base de dados para ações de marketing direto, que é feito de forma personalizada.

Na segunda mesa do evento, duas palestras sobre estratégias em contact center. Na primeira apresentação, Cássio Rocha de Azevedo, diretor da AeC Contact Center, enumerou os motivos que as empresas têm para terceirizar ou não o serviço de telemarketing. De forma objetiva, Cássio Rocha demonstrou que, embora as empresas possam encontrar razões para implantar callcenter próprio, elas não devem perder o foco do próprio negócio. Na segunda palestra, Flávia Queiroz do Egypto, representante da ACS, apresentou o tema “offshore”, mostrando que as possibilidades de negócio das empresas de contact center brasileiras vão além das fronteiras do território nacional.

Na terceira mesa, o diretor da ABT Carlos Umberto discursou e esclareceu questões do público sobre o panorama brasileiro do mercado de callcenter. Já Rui Campos, da Questex Brasil, ministrou uma palestra rica em dados e informações sobre o panorama mundial de gestão de relacionamento com cliente. Fechando a terceira mesa, o professor da FATEC (Faculdade de Tecnologia da CDL-BH) Sebastião Verly apresentou, de forma divertida e sarcástica, dicas sobre treinamento em callenter.

Na quarta e última mesa de palestras e debates o tema foi tecnologia, sobre o qual José Geraldo Pinto, da Siemens, esclareceu ao público as novas possibilidades da tecnologia de voz sobre IP e como o mercado de telecomunicações está se estruturando para atender à nova demanda. Em seguida, Luiz Gonzaga Leal, diretor territorial da TIM, apresentou alternativas para mobilidade, dentro do tema “M-business”.

Ao final, o evento teve um público satisfeito com o alto nível das palestras, acaloradas discussões entre público e palestrantes e um saldo positivo. “Ficamos contentes com os resultados do evento, principalmente por termos aberto as portas para mais eventos nessa área em Belo Horizonte”, afirma Flávio Vilhena, responsável pela Revista Cliente S.A. em Minas Gerais.