Inin faz aliança com Phonoway

0
20



A Interactive Intelligence fechou parceria com a Phonoway Sistemas. Com sede em São Paulo, a Phonoway Sistemas, que atua no mercado de telecomunicações e desde 2011 investe no segmento de contact center, possui filiais em Campinas, Rio de Janeiro, Salvador, Bahia, Curitiba, Minas Gerais e Recife. “A abrangência da atuação da Phonoway e sua experiência em prestação de serviços de telecomunicações é fundamental para a implementação das soluções da Interactive Intelligence; essa aliança nos ajudará, também, a aumentar nossa capilaridade em todo o País. A expectativa é oferecer nosso portfólio para a automação de contact center e telefonia corporativa em todas as regiões do País”, explica Eric Lieb, country manager da Inin.

 

Para o executivo, a aliança faz parte da estratégia de manter parceiros qualificados e com experiência consolidada no mercado. “O cliente Inin tem, agora, acesso ao grande conhecimento que o time da Phonoway possui sobre a infraestrutura de telecomunicações e comunicação de voz e dados”, diz Lieb. “Nosso objetivo com esta parceria é levar aos clientes de todo o Brasil soluções com o máximo controle, segurança, confiabilidade e flexibilidade”, resume.

 

A demanda dos clientes para acrescentar novas e decisivas soluções ao portfólio Phonoway impulsionou, segundo Gilson César Pires, sócio-diretor da empresa, a concretização da parceria com a Inin. “A plataforma da Inin possui todos os recursos para uma implementação simplificada de soluções de gestão de contact center; com isso, nossos clientes podem obter um rápido retorno de seus investimentos”, conclui.

 

A expectativa de Pires é conquistar mais mercado e, gradativamente aumentar a carteira de clientes com a oferta das soluções da Inin. “Hoje 30% da nossa carteira de clientes é formada por empresas de contact center. Com esta parceria, esperamos dobrar esse número até meados de 2015”, afirma. “Nossa meta é fechar 2012 com um crescimento de 18% e, em dois anos, aumentarmos a receita em 25% somente com a participação da Inin”, conclui Pires.