Jeitinho especial

0
10
Ainda minoria em muitos setores, as mulheres praticamente dominam o setor de contact center. Na Almaviva, por exemplo, elas respondem, em média, por 80% do quadro de funcionários, sendo que no site de Guarulhos chegam a 90%. Muito disso se deve, segundo Antonio Claudio Tozzo, superintendente de RH da empresa, pela boa desenvoltura nas atividades que envolvem o setor. “É um trabalho que valoriza habilidades femininas, como comunicação, próatividade e interação com diferentes públicos. É um benefício mútuo, traz vantagens para a empresa e para as colaboradoras”, reforça Ketty Karina Batista, gerente de operações do site Consolação da Almaviva.
Além disso, a executiva acrescenta o fato da mulher trabalhar focada no desenvolvimento da equipe como um todo, pensando em ações diversas para um objetivo coletivo e comum. “Ela busca a síntese de resultados e, principalmente no call center, onde a matéria prima são as pessoas, isso é essencial. Hoje, o mercado exige tais habilidades femininas”, pontua.
Ela conta que escolheu a área de call center para trabalhar pelo desenvolvimento que proporciona. “É um trabalho que traz um retorno muito grande, porque você vê as pessoas crescendo, se tornando grandes profissionais. É uma atividade que gosto e me dá prazer.” Tanto que já está há 10 anos no setor e pretende continuar. “Comecei como operadora, tenho conhecimento da parte teórica e prática, passei por todas as áreas do setor. Além disso, faço MBA em Gestão de Pessoas e Implantação de Projetos pensando no aperfeiçoamento constante na área, que sempre oferece novos desafios, projetos e oportunidades”, comenta Ketty.
Esse cenário é próprio da mudança pela qual o mercado de trabalho como um todo vem passando, com as mulheres ganhando cada vez mais espaço. Para Tozzo, elas mudaram o comportamento em relação à vida profissional e as transformações na sociedade também contribuíram para o crescimento no número de contratações. “O público feminino está cada vez mais assumindo importantes posições no mercado de trabalho”, pondera Tozzo. Ele revela que na AlmavivA há mulheres que assumiram diferentes cargos e, em pouco tempo, foram promovidas devido a desempenho, comprometimento e dedicação.
HOMENAGEM
Para comemorar o Dia Internacional da Mulher, todos os sites da Almaviva vão oferecer atividades especiais. Entre as ações estão a visita de profissionais para realizar penteados, maquiagem, massagem, serviços de manicure e pedicure, entre outros cuidados de beleza. Além disso, o público feminino poderá participar de um workshop sobre imagem profissional, que será ministrado por profissionais da Mary Kay, entre os dias 10 e 12 de março. As colaboradoras gestantes também serão cadastradas e farão parte da campanha de planejamento familiar, para receber orientações e suporte médico durante o período gestacional.