Na busca por experiência

0
20



Não é apenas o jovem, atrás de seu primeiro emprego, que encontra na área de call center o seu espaço. Deixado de lado por muitos setores, as pessoas acima dos 40 anos também tem na atividade a oportunidade de voltar ao mercado de trabalho. “Como está faltando profissionais qualificados nesta área, a solução encontrada por muitas empresas é a contratação de colaboradores com esse perfil”, conta Stan Braz, diretor presidente executivo do Sintelmark, em entrevista exclusiva ao portal Callcenter.inf.br. Estimativas do Sindicato Paulista das Empresas de Telemarketing, Marketing Direto e Conexos, apontam que, de 2011 a 2013, esse público passou a representar 20% dos colaboradores do setor.

 

Para Braz, essa tendência é muito positiva, já que essas pessoas acima de 40 anos estão mais preparadas, vividas, maduras e seguras. Tanto que ele coloca a experiência e maturidade, a não necessidade de qualificação e a responsabilidade como principais motivos da busca das empresas por esses profissionais. O diretor presidente executivo explica que, para esse público, trabalhar significa que estão ativos, motivados e que realizam tarefas importantes no seu dia-a-dia então desempenham a função com muita responsabilidade. “Eles geralmente são mais comprometidos e têm muita disposição para aprender. E, mais especificamente no atendimento, possuem equilíbrio, paciência para conversar e grau de negociação aprendido com a vida”, afirma.

 

Por conta do envelhecimento da população brasileira, Braz acredita ainda que essa tendência deva aumentar nos próximos anos. Ele aposta, principalmente, no crescimento de ofertas de emprego para essas pessoas por conta da realização da Copa e das Olimpíadas no Brasil, que deverão aumentar as demandas nas centrais de atendimento.