Na trilha do desenvolvimento profissional

0
1



A StarSoft, fornecedora de tecnologia de sistemas ERP integrados para gestão corporativa, criou a Trilha de Carreira, ferramenta de recursos humanos que trabalha na identificação das diferentes competências da organização e no desenho de níveis de maturidade, frente às  aptidões específicas dos cargos. Esses são classificados nos níveis definidos pelos Mapas de Carreira, os quais estão atrelados a uma estrutura salarial desenhada no conceito de faixas amplas.

 

O modelo auxilia na comparação entre os cargos e as análises de mobilidade organizacional, proporcionando aos funcionários uma visão macro de oportunidades de desenvolvimento. “Além de permitir uma metodologia única e sustentável de avaliação de cargos, também define expectativas relacionadas ao desenvolvimento de pessoas, consecutivamente, o gerenciamento do desempenho geral da organização”, afirma Fernanda Daniel, da área de recursos humanos da StarSoft.

 

Atualmente, os talentos almejam regras claras e transparentes sobre as suas possibilidades de crescimento e desenvolvimento profissional, segundo a executiva. Assim, no desenho da Trilha de Carreira, apresentam-se as opções de ascensão de forma flexível a todas as áreas da empresa, bem como é apontados o que se espera do profissional para tal progressão.

 

No processo de mapeamento, em um primeiro momento, é realizada a identificação dos grupos de carreira que vai desde o operacional ao nível gerencial, posteriormente são desenhados os níveis de carreira de acordo com as necessidades de todas as áreas da organização. Em seguida, são mapeadas e descritas as responsabilidades de cada grupo de cargos. Realiza-se, então, o desenho das trilhas de carreiras de cada área funcional, o que permite uma visão das possibilidades de progressão dentro da organização. Por fim, é realizada a estruturação de cargos e salários, elaborada por meio do conceito de faixas amplas e segmentadas por área.