NR17 trará nova imagem para setor

0
1



“Deixaremos de ostentar a fama de fábrica de doidos e deprimidos.” Essa é a opinião da Contractors, com relação a criação do Anexo II da Norma Regulamentadora 17. Para José Ozias Siqueira, gerente de RH da Contractors, agora a sociedade verá que não é bem assim. “As novas regras, nossos cuidados, nossa produção, nossa qualidade será percebida no final”, completa.

 

A Contractors, que participou ativamente das discussões no âmbito da ABT (Associação Brasileira de Telesserviços), ressalta a participação da associação na formulação da NR17. “A ABT teve uma atuação admirável nesse processo, na medida em que agregou empresários e profissionais especializados, no que conseguiu reunir valiosas contribuições subsidiadoras para a construção da versão final da norma”, comenta José.

 

Para a empresa, a norma veio a regulamentar várias ações que as empresas já vinham praticando, pois elas sempre tiveram uma preocupação bastante focada no bem-estar do trabalhador de telesserviços. “Afinal, somente assim pode-se esperar produtividade e satisfação no trabalho”, comenta o gerente. “Se o setor não tiver a predisposição de melhorar sempre, não há como solidificar e dar continuidade aos serviços.”

 

O executivo aponta também que a NR17 trará melhorias para todos os envolvidos. Primeiro para o trabalhador, que terá um mobiliário renovado para melhor desenvolver o seu trabalho, que terá a adequação da sua jornada diária e “que, principalmente, carregará, dentro de si, a sólida convicção de que há uma preocupação geral com relação ao seu trabalho e às condições em que ele se desenvolve”.

 

Também trará vantagens para o empregador, que se moderniza, que equipa a sua empresa de profissionalismo e de acolhimento. E por fim para a sociedade na medida em que as empresas entregarão melhores serviços, pois serão desenvolvidos em melhores condições, com conseqüente melhoria da qualidade. “Os clientes querem e exigem melhores serviços, melhores profissionais se relacionando com seus clientes finais. E a NR 17 contribui com isso. Parece-me bastante claro que as empresas que melhor se adaptarem às condições da Norma, obterão melhor consideração de seus clientes e do mercado”, finaliza.