O potencial do telesserviços no Rio

0
5



Hoje (06), pela manhã, teve início a II Conferência Rio como Polo de Telesserviços, com Roberto Madruga, da Conquist, apresentando pesquisa sobre a recuperação de empregos na cidade e no estado, resultado do crescimento das empresas do setor na região. “Está havendo um retorno como demonstram os números divulgados. O Rio tem 110 mil empregos e capacidade para atrair ainda mais”, completou Jarbas Nogueira, presidente da ABT.

 

O secretário de Desenvolvimento do Rio de Janeiro, Felipe Góes, revelou que a cidade já colhe os resultados dos investimentos feitos por empresas como Algar, Atento, Contax e Vidax. “Dentro desse cenário, a questão da segurança é crucial. Outro ponto importante é a reeleição do governador, que garante a continuidade desse processo”, afirmou.

 

Já Julio Bueno, secretário de Desenvolvimento do Estado do Rio de Janeiro, destacou a atração de grandes investimentos como a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016. Também comentou a criação de incentivos fiscais para estimular o setor. “Estamos à disposição para discutir a redução de tributos para atrair investimentos”, ponderou. Para Aspásia Camargo, vereadora do Rio de janeiro e eleita deputada estadual (PV), é a nova economia que vai irrigar a cidade e o estado. “Ouvimos muitas vitórias e estamos dando saltos de qualidade”, comentou.