Orgulho da companhia

0
1
A pesquisa global da Steelcase, feita em parceria com a Ipsos, mostra que países em desenvolvimento têm funcionários mais engajados e mais satisfeitos. Tal dado se comprova no estudo realizado no Brasil: enquanto 69% dos entrevistados de outros 17 países gostam do ambiente de trabalho, os brasileiros satisfeitos representam 75% dos participantes. A pesquisa revelou que os colaboradores brasileiros têm mais orgulho em trabalhar na companhia, sentem maior conexão com os colegas e ficam mais felizes ao ir trabalhar.
Além disso, a média geral dos entrevistados brasileiros que se sentem motivados é 6% menor do que a média em outros países. Ainda assim, o índice de recomendação das empresas no Brasil é maior do que no exterior. No quesito inovação, as companhias que atuam no Brasil são consideradas pelos funcionários menos inovadoras do que a média mundial: são 14% no Brasil contra 20% nos outros países.
As corporações que atuam no Brasil oferecem algumas comodidades a mais para seus funcionários. Enquanto 35% dos entrevistados brasileiros disseram ter disponíveis mais espaços abertos, apenas 23% das empresas estrangeiras utilizam esse ambiente. No Brasil, os funcionários usufruem menos das videoconferências: 61% dos entrevistados brasileiros nunca usam essa tecnologia contra 55% dos estrangeiros. Além disso, 80% das empresas que atuam no Brasil e participaram do estudo oferecem cantinas e cafeterias, enquanto essa porcentagem chega apenas a 61% em companhias do exterior.
Com relação ao ambiente, apesar de a maioria dos funcionários alegar não poder personalizar seu local de trabalho com fotos, quadros e outros enfeites, os escritórios privados e individuais são os melhores avaliados em relação ao ambiente de trabalho porque as pessoas que os ocupam têm maior controle sobre o ambiente. Por outro lado, as empresas brasileiras são burocráticas para 36% dos entrevistados, enquanto a média estrangeira não passa dos 25%.