Os benefícios do coaching

0
4
Autor: Marcelo Cardoso
Em uma orquestra cada instrumento tem uma função, uma melodia a ser tocada, a hora certa de entrar, a hora exata de “dar a deixa” para seu companheiro. Tudo funciona em uma perfeita sintonia. O objetivo da orquestra é levar a emoção da música para a vida das pessoas.
Mas se o instrumentista não estiver afinado, focado e com paixão, o resultado não é harmônico. Dá para ouvir aquele instrumento destoando, fato que abala toda a orquestra e desestabiliza o maestro. Uma atuação desastrosa não arranca aplausos da plateia.
Assim funciona uma empresa. Se um departamento ou um colaborador não estiver afinado e não estiver trabalhando em um objetivo comum, nada funciona direito. A empresa não cresce, não gera resultados. Os funcionários sentem-se desmotivados e os líderes estressados.
Posso citar vários motivos que levam uma instituição a procurar o coaching como forma de desenvolver líderes, aumentar as vendas, resolver conflitos de comunicação, aperfeiçoar novos talentos, entre outros. Porém, o pior de tudo é a falta de um objetivo claro. Assim como chegar até ele. Muitas vezes sabemos exatamente onde queremos chegar, mas ficamos patinando, porque não sabemos como fazer isso. O “como” torna-se um empecilho que, na maioria das vezes, faz com que todos os outros problemas surjam.
Uma empresa é criada por um grande sonho, o do proprietário. E esse sonho soma-se a outros sonhos, de seus funcionários. Se um não trabalha pelo sonho do outro, gera conflito. É aí que o profissional de coaching entra, bem no meio desse conflito, pois é onde está o “como”. O “como” está entre o estado atual e o estado desejado. O “como” está entre o sucesso e a frustração.
O coach trabalha em cima de objetivos e orienta justamente nessa parte de concretização, direcionando tanto a empresa quanto o funcionário a chegar lá de uma forma rápida e certeira.
Com os serviços do coaching é possível identificar ferramentas inerentes em um profissional, que, na maioria das vezes, não faz ideia que a possua. Ele traça um caminho para que o colaborador tenha o sucesso tão almejado. Consegue extrair as habilidades e descobrir quais pontos de melhoria necessários para o seu desenvolvimento.
No caso de líderes, por exemplo, o trabalho faz despertar o compromisso em ajudar no desenvolvimento de sua equipe por meio da valorização de cada um. Quando todo mundo está com seus objetivos bem alinhados, sabendo como atuar e onde realmente querem chegar, não tem como não ter a sintonia que mencionei.
Quando estamos totalmente esclarecidos do “como”, com as habilidades afloradas e bem direcionadas, conscientes das falhas e de como não repeti-las, não há nada que possa nos impedir de chegar à vitória. A vitória de conseguir o que planejou. A vitória de viver em sintonia com seus anseios e em acordo mútuo com a empresa e seus profissionais.
Marcelo Cardoso é especialista em coaching, Programação Neuro Linguística e fundador da Arco 7.