PeopleSoft vê com bons olhos o ano de 2004

0
2

Em 2003, com a compra da J.D. Edwards, a PeopleSoft passou a ter faturamento aproximado de US$ 3 bilhões. É também a segunda maior empresa internacional de software empresarial atuante no país, pela última pesquisa de market share fornecida pelo IDC. No Brasil, durante o ano de 2003, a empresa fechou contratos com empresas como: C&C – Casa & Construção, Cargill, Correios, Moto Honda, RBS, Serasa, entre outros.

A combinação da PeopleSoft com a J.D. Edwards proporcionará, já a partir de 2004, novas oportunidades de negócio para a empresa no Brasil. Com um portfólio de produtos para atender grandes corporações e também o middle market, a PeopleSoft pretende fortalecer a liderança na oferta de soluções de recursos humanos e CRM e ampliar sua participação no mercado nacional de ERP. O país continua estratégico nos planos de expansão internacional da PeopleSoft e a empresa focará seus esforços para conquistar a liderança em todos os segmentos em que atua, especialmente, em manufatura, distribuição, telecomunicações, serviços financeiros, educação, governo, construção e produtos de consumo.