RH, o capital humano das organizações

0
2



O tema abordado em “Recursos Humanos – O Capital Humano das Organizações”, de Idalberto Chiavenato, lançado pela editora Campus-Elsevier, revela a importância entre as pessoas e as organizações. O autor conta que desde a Era Industrial as pessoas eram tratadas como recursos – recursos humanos -, tal como os demais recursos organizacionais, e de maneira uniforme e padronizada, a fim de que se ajustassem a demandas e requisitos da empresa. Hoje, esse conceito ficou esquecido no tempo e as organizações e empresas passaram a considerar os funcionários parceiros ativos e proativos do negócio.

 

Segundo Chiavenato, a denominação RH prevalece por questão de marca e identidade, mas as pessoas não são mais recursos inertes e sim seres humanos que ultrapassam de longe as estreitas limitações dessa antiga denominação. Enxergar o conjunto e a totalidade é indispensável no estudo e apreciação do RH, uma vez que cada organização tem suas características próprias, enquanto que a variabilidade humana é infinita. O livro é composto por 17 capítulos que detalham assuntos como seleção de pessoal, planos de benefícios sociais, qualidade de vida no trabalho, relações com as pessoas, treinamento e desenvolvimento pessoal, entre outros assuntos.

 

Ficha Técnica
Título: Recursos Humanos – O Capital Humano das Organizações
Autor: Idalberto Chiavenato
Editora: Campus-Elsevier
Páginas: 392
Preço: R$ 88,00