Setor atrai jovens para mercado de trabalho

0
3



Com mais de um milhão de profissionais em todo o país, o setor de call center é hoje a principal porta de entrada de jovens para o mercado de trabalho. De acordo com a ABT, Associação Brasileira de Telesserviços, mais de 45% dos teleatendentes são jovens de até 24 anos sem nenhuma experiência anterior. Apesar de serem treinados pelas empresas, há também cursos profissionalizantes para o setor.

 

“O candidato que já tem algum conhecimento sobre a atividade de teleatendimento, mesmo sem experiência anterior alguma, se destaca no processo de seleção. Com isso, as chances de conquistar uma vaga são bem maiores”, diz Wilson Roberto Giustino, presidente da rede de franquias Cebrac- Centro Brasileiro de Cursos, que oferece em suas unidades distribuídas pelo país cursos profissionalizantes de telemarketing e atendimento ao cliente e vendas.

 

Para 2012, a ABT prevê que as empresas de telesserviços vão gerar mais de 100 mil novas vagas de emprego por todo o país. “Com tantas oportunidades, quem se mostrar mais preparado tem mais chances de conseguir uma dessas vagas”, avalia o presidente do Cebrac. Abaixo, Giustino aponta 5 características indispensáveis ao trabalho de teleatendente, que podem ser aprimoradas durante os cursos de formação profissional:

 

– Uso correto da língua portuguesa;
– Boa dicção;
– Gostar de lidar com o público;
– Conhecimentos básicos de informática;
– Capacidade de trabalhar em equipe.